10 dicas para escolher a melhor escola privada para os seus filhos

A dúvida na hora de matricular os filhos na escola sempre aparece. Em qual instituição privada devo matricular meus filhos? Como saber se estou fazendo a escolha certa? O que devo considerar? Veja algumas dicas abaixo.


Renata Finholdt

Quando os filhos chegam em idade escolar, o desejo de garantir para eles uma boa escola é algo que preocupa muitos pais. Há tantas escolas com métodos de ensino diferentes, escolas grandes e pequenas. Como escolher? Essa pergunta é muito frequente.

1) Antes de mais nada, relacione em uma folha as escolas pelas quais você, por um motivo ou outro, pensou em matricular seu filho.

2) Anote quais foram as características que, mesmo sem conhecê-la direito, levaram você a pensar sobre elas.

3) Agora reserve com cada um destes colégios uma data para que possa conhecer melhor seu interior, professores, corpo diretivo e métodos de ensino.

4) No dia marcado, vá sem pressa. Leve todos seus questionamentos anotados para se sentir mais segura. Peça para conhecer todo o espaço físico da escola, as salas de aulas, laboratórios, bibliotecas, salas de brincadeira, quadras, banheiros, pátios, enfim, todo o local em que seu filho, caso matriculado, possa frequentar.

5) Converse com o corpo diretivo. Peça para que lhe mostrem os recursos utilizados no ensino e que lhe informem sobre o método e material utilizados. Questione as matérias ensinadas e nível dos professores. Não deixe de perguntar sobre as regras da escola, pois isso é algo muito importante.

6) Após analisar e registrar todas as informações e impressões dos colégios visitados, converse em família para que possam decidir juntos as escolas mais favoráveis.

7) Leve seu filho aos colégios que você mais gostou e deixe que ele também conheça o espaço que poderá frequentar. A opinião dele também é importante neste momento.

8) Analise, depois de tudo, a distância de sua casa, a maneira como seu filho irá e voltará da escola para casa e o valor do investimento (matrícula, mensalidade, material didático e uniformes).

9) Converse com outros pais que têm seus filhos matriculados na mesma escola para saber a opinião deles a respeito do local como um todo.

10) Com todas estas informações em mãos você poderá fazer a escolha que melhor se encaixar em suas necessidades.

Após a matrícula, não seja ausente. Participe das reuniões de pais convocadas pela escola e das festividades também. Conheça os professores de seu filho, esteja presente sempre que puder para auxiliar a escola. Coloque-se a disposição. Pergunte ao seu filho todos os dias à respeito de seu dia de aula para que possa auxiliá-lo em caso de necessidade. Se houver um período de adaptação, antes do início das aulas própriamente ditas, deixe seu filho frequentar este período e esteja presente para deixá-lo mais seguro.

Estando presente sempre que possível você poderá se tranquilizar com a escolha feita e acompanhar seu pequeno no caso de alguma necessidade.

Toma un momento para compartir …

Renata Finholdt

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.