10 Dicas para cuidar da pele oleosa

Você terá uma pele muito mais saudável e sequinha se seguir essas 10 dicas.


Erika Strassburger

A oleosidade ou sebo, produzidos pelas glândulas sebáceas, tem uma função muito importante para a pele. “Tem ação de proteção e de tornar a pele e os pelos à prova d’água, prevenindo-os de se tornarem secos, ou quebradiços. Ele também pode inibir o crescimento de microrganismos na pele.” Além disso, a pele oleosa tende a formar rugas tardiamente.

O excesso de oleosidade, entretanto, não somente é algo que incomoda muito e causa constrangimento em adolescentes e adultos, como pode levar ao aparecimento de acne e dermatite seborreica, entre outros. A acne forma-se quando o sebo bloqueia os poros e eles infeccionam. O ato de coçar e espremer as espinhas ou cravos pode agravar a infecção, deixando manchas, cicatrizes e ferimento.

Vários fatores causam o excesso de oleosidade na pele:

  • Predisposição genética.

  • Alterações hormonais.

  • Alimentação rica em gordura.

  • Consumo exagerado de doces.

    Advertisement
  • Intestino preso.

  • Poucas horas de sono.

  • Excesso de higienização na pele (efeito rebote).

  • Pouco consumo de água.

  • Excesso de exposição ao sol.

  • Higienização precária.

Veja o que você pode fazer para diminuir a oleosidade da sua pele:

1. Consuma mais frutas, verduras e alimentos ricos em fibras

Melhorando o trânsito intestinal, você terá uma pele mais saudável.

2. Coma somente a quantidade de gordura que seu corpo precisa

Dê preferência a gorduras vegetais (óleos e azeites) e às contidas nas nozes, castanhas, e outras oleaginosas. As frituras são inimigas da pele. Fique longe delas.

3. Tome muita água (cerca de 2 litros ao dia)

Só não exagere. Água demais faz mal à saúde.

Advertisement

4. Durma bem

Um adulto precisa de 7 a 8 horas de sono e um adolescente, de 9 a 10 horas.

5. Use filtro solar diariamente

Ao escolher o protetor solar, dê preferência aos veículos não oleosos. Se não encontrar no mercado, encomende em uma farmácia de manipulação. Estes costumam ser mais baratos. Use o fator de proteção de acordo com a tonalidade da sua pele. Peles mais claras exigem fatores de proteção mais altos.

Mesmo com filtro solar, mantenha-se abrigado do sol em horários de risco.

6. Use hidratantes, bases e outras maquiagens com o rótulo “Oil-free” (sem oleosidade) e não comedogênico (que não entope os poros).

7. Procure ficar o máximo de tempo que puder sem maquiagem

A pele precisa “respirar”.

8. Evite lavar a pele muitas vezes ao dia

Aí entra o efeito rebote. Ao lavá-la demais, o organismo começa a repor a oleosidade perdida com bastante velocidade. Você não pode deixar a pele sem oleosidade alguma. Preocupe-se somente com o excesso.

O ideal é lavá-la de manhã e à noite com um sabonete específico para o rosto.

9. Faça uma limpeza diária da pele, à noite, da seguinte forma

  • Lave bem a pele, segundo as orientações dadas no item 7.

  • Passe uma loção adstringente sem álcool. Os princípios ativos indicados são hamamélis, calêndula, hortelã, cânfora e mentol, que ajudam a controlar a oleosidade e têm ação anti-inflamatória.

  • Hidrate-a, segundo recomendações do item 6.

  • A cada 15 dias, faça uma esfoliação com produtos específicos. Obedeça às instruções do rótulo. Ela deve ser feita antes da tonificação.

10. Dê um cuidado especial à pele com acne

Consulte um dermatologista para saber o que fazer para tratar a pele lesionada. Ele poderá lhe indicar um tratamento à base de produtos como ácidos e antibióticos, dependendo da gravidade das lesões. Jamais se automedique.

Mulheres com excesso de oleosidade na pele e acne devem submeter-se a uma avaliação hormonal. Se for constatada uma alteração nos hormônios, um tratamento para corrigi-la poderá resolver também a oleosidade. Para isso, consulte sua ginecologista.

Toma un momento para compartir …

Erika Strassburger

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.