Menstruação com coágulos – o que pode ser?

Vejam 8 motivos comuns para estarem saindo pedaços parecidos com fígado na menstruação.

Erika Strassburger

No início de cada ciclo menstrual, os ovários produzem um hormônio chamado estrógeno, que faz com que as células do endométrio, que é a camada de tecido que reveste a parede do útero, se multipliquem e façam a sua espessura aumentar. Depois da ovulação, que ocorre por volta do 14º dia do ciclo, os ovários passam a produzir também a progesterona. A progesterona faz com que as células parem de se multiplicar e comecem a se concentrar na produção de nutrientes para o embrião.

O útero da mulher é preparado mensalmente para a gravidez

Quando não ocorre a fixação de um embrião na parede do útero (a gravidez), essa camada é desestruturada e eliminada.

Portanto, o sangue menstrual nada mais é do que a descamação dessa parte interna do útero, o endométrio.

Mas por que saem esses pedaços?

Segundo a Dra. Nicole Geovana, em artigo escrito ao site Médico Responde, é normal saírem alguns coágulos pequenos durante alguns dias do ciclo, mas “grandes coágulos sanguíneos na menstruação, acompanhados por cólicas intensas, podem ser sinal de sangramento acima do normal, o que pode indicar alterações hormonais ou problemas no aparelho reprodutor”.

Abaixo estão 8 razões para aparecerem coágulos na menstruação:

Advertisement

1. Início da menstruação

Em suas primeiras menstruações, é normal a jovem expelir pequenos coágulos, pois seu ciclo menstrual ainda é desregulado. Mas é sempre bom observar e relatar ao ginecologista se algo parecer fora do normal.

2. A presença de pólipos ou miomas

A presença de pólipos ou miomas afeta a contração do útero e pode obstruir a saída do sangue, alterando a intensidade do fluxo menstrual e fazendo com que desçam coágulos pequenos ou maiores.

Entenda a diferença entre pólipo e mioma no artigo abaixo:

Advertisement

3. Endometriose

A endometriose faz com que a mulher apresente fortes cólicas, menstruação intensa com a presença de grandes coágulos que pode durar mais de uma semana. A coloração do sangue costuma ser mais escura.

4. Alterações anatômicas no útero

Quando o órgão apresenta tamanho e formato alterados, pode haver alteração no fluxo menstrual e a presença de coágulos na menstruação.

5. Inflamações ou infecções no útero

A presença de micro-organismos, como vírus e bactérias, também afeta a menstruação.

6. Problemas na tireoide

A tireoide interfere na regulação dos ciclos menstruais.

7. Climatério

Com a proximidade da menopausa, o corpo da mulher sofre mudanças hormonais intensas, o que afeta a intensidade e a frequência do fluxo menstrual. Nesta fase, é normal o aparecimento de pequenos coágulos.

8. Aborto espontâneo

Quando há um aborto espontâneo, ocorre um sangramento pesado com a presença de grandes coágulos.

Em suma, se apenas de vez em quando descerem pequenos coágulos no sangue menstrual e não houver outros sintomas, como dor, secreção anormal ou cheiro ruim, geralmente não há motivo para preocupação. Mas se os pedaços forem maiores e vêm com mais frequência, com ou sem outros sintomas, visite o ginecologista.

Você percebe um cheiro desagradável na menstruação? O artigo abaixo pode indicar o motivo:

Advertisement
Toma un momento para compartir ...

Erika Strassburger

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.