Marília Mendonça é criticada por sua aparência e responde à altura

"Conheci o ódio de gente frustrada e invejosa".

Rachel De Castro

#semlegenda ? @eric_oelke

A post shared by Marilia Mendonça (@mariliamendoncacantora) on

Entre o amor e o ódio

A cantora Marília Mendonça tem conquistado o Brasil com sua voz e talento impecável. A música que abriu portas para seu grande sucesso foi “infiel” que é agora uma das músicas mais conhecidas do país.

Na sua conta do Instagram, a cantora agradeceu o carinho após um show no interior de São Paulo e também desabafou sobre o ódio que recebeu de muitas pessoas. Ela diz que por causa da fama recebeu críticas do seu corpo, voz e cabelo. Muitas pessoas desejaram sua infelicidade quando viram que estava em um novo relacionamento e desejaram sua morte quando adoeceu. Mas ela deixa claro que apesar de tudo isso, ela é grata por todo amor e apoio que tem de seus fãs e que venceu e sobreviveu a todas as críticas.

Leia a postagem completa

Como sentir amor é bom. Como é bom saber que existem pessoas maravilhosas como vocês de Araçoiaba da Serra e de tantos lugares que passo. Olhar esses olhos brilhantes e sorrisos verdadeiros e poder agradecer a Deus por hoje enxergar só amor. Estamos vivendo momentos difíceis no nosso mundo, momentos de depressão, de suicídios quase em série, de gente que se olha no espelho e não se ama… Os dias chegam cada vez mais cinza, e hoje eu quero te falar sobre o que eu vivi… Sempre fui uma pessoa muito querida na escola, na família, com os amigos… Em tempos de “MARILIA MENDONÇA” conheci um tipo de amor diferente que ultrapassa fronteiras chamado fã, mas também conheci o ódio de gente frustrada e invejosa que ainda não consigo dar um nome (pois nada é tão feio e triste que se possa nomear tal tipo de pessoa)… Mas, eu sobrevivi, sabia? Sobrevivi a gente que difamou meu corpo, minha voz, o meu cabelo… sobrevivi a gente que desacreditou, que xingou, que odiou quando me viu feliz num relacionamento totalmente puro e planejado por Deus, que desejou que eu morresse em um dia que simplesmente adoeci… sobrevivi a falta da minha família, a falta do meu quarto, a falta dos meus amigos… E tô aqui, firme e forte e feliz, dizendo com todas as letras… Feche seus olhos e finja demência pra quem não tem amor pra dar, abra seu coração e o seu sorriso pra quem faz como Araçoiaba fez hoje: te ama e te recebe do jeito mais bonito que tem… Obrigada Deus! Obrigada Araçoiaba!

Advertisement

Como sentir amor é bom. Como é bom saber que existem pessoas maravilhosas como vocês de Araçoiaba da Serra e de tantos lugares que passo. Olhar esses olhos brilhantes e sorrisos verdadeiros e poder agradecer a Deus por hoje enxergar só amor. Estamos vivendo momentos difíceis no nosso mundo, momentos de depressão, de suicídios quase em série, de gente que se olha no espelho e não se ama… Os dias chegam cada vez mais cinza, e hoje eu quero te falar sobre o que eu vivi… Sempre fui uma pessoa muito querida na escola, na família, com os amigos… Em tempos de "MARILIA MENDONÇA" conheci um tipo de amor diferente que ultrapassa fronteiras chamado fã, mas também conheci o ódio de gente frustrada e invejosa que ainda não consigo dar um nome (pois nada é tão feio e triste que se possa nomear tal tipo de pessoa)… Mas, eu sobrevivi, sabia? Sobrevivi a gente que difamou meu corpo, minha voz, o meu cabelo… sobrevivi a gente que desacreditou, que xingou, que odiou quando me viu feliz num relacionamento totalmente puro e planejado por Deus, que desejou que eu morresse em um dia que simplesmente adoeci… sobrevivi a falta da minha família, a falta do meu quarto, a falta dos meus amigos… E tô aqui, firme e forte e feliz, dizendo com todas as letras… Feche seus olhos e finja demência pra quem não tem amor pra dar, abra seu coração e o seu sorriso pra quem faz como Araçoiaba fez hoje: te ama e te recebe do jeito mais bonito que tem… Obrigada Deus! Obrigada Araçoiaba!

A post shared by Marilia Mendonça (@mariliamendoncacantora) on

Por que criticamos outras pessoas?

O Dr. Steven Stosny é psicólogo e explica ao site Psychology Today que as pessoas que criticam sabem que criticismo não funciona, que criticar não irá mudar a outra pessoa. Mas elas continuam criticando como uma forma de defender o seu ego.

“Não criticamos porque não concordamos com um comportamento ou uma atitude. Criticamos porque de alguma forma nos sentimos desvalorizados pelo comportamento ou atitude. Pessoas críticas tendem a se sentirem facilmente insultadas e especialmente sentem a necessidade de defender o seu ego”, acrescenta o Dr. Stosny.

Quando você critica alguém, as pessoas conhecem mais sobre você do que sobre a pessoa que você está criticando. A pessoa negativa e crítica acaba afastando amigos e família e destrói sua própria autoestima.

Advertisement

Então, você ainda acha que vale a pena criticar?

Toma un momento para compartir ...

Rachel De Castro

Rachel De Castro é esposa e escritora com formação em ciência política. Acredita que o mundo já tem críticos demais por isso decidiu motivar e inspirar pessoas.