Dono de restaurante leva calote de três clientes; 5 dias depois, ele recebe uma carta

“Não seja rápido em julgar”, disse o proprietário do restaurante depois do desfecho da história.

Erika Strassburger

Na noite de 8 de dezembro de 2017, três clientes entraram para comer no restaurante Kilimandjaro, que fica em Middlesbrough, na Inglaterra, e na hora de pagar descobriram que o estabelecimento não aceitava cartão, apenas dinheiro vivo.

Como supostamente não levavam dinheiro consigo, os três saíram do estabelecimento dizendo que iriam procurar um caixa eletrônico e voltariam para pagar em seguida.

Mas eles simplesmente não voltaram

Também não voltaram no dia seguinte. “Ficamos conformados de que eles nunca voltariam e que perderíamos o dinheiro”, disse o dono do estabelecimento, Apollo Apollinaire, ao Gazette Live.

Depois do calote, Apollo orientou os funcionários a agirem de maneira diferente caso isso acontecesse novamente. Eles foram orientados a pedir que um dos clientes permanecesse no local enquanto outro fosse buscar o dinheiro, ou retivessem algum pertence do cliente como garantia até que voltasse para pagar.

Cinco dias depois, uma surpresa

No dia 13 de dezembro, chegou uma correspondência remetida ao restaurante. Dentro havia 40 Libras (aproximadamente 175 Reais) e uma carta assinada por Tom, Alex e Harry.

Advertisement

A carta iniciava com um pedido sincero de desculpas por eles terem se esquecido de voltar para pagar a conta. “Não é de nosso feitio agir assim, motivo pelo qual estamos muito arrependidos”.

Eles descriminaram, na carta, cada item pedido naquela noite, informando o valor total de 35 Libras.

Então, contam o que aconteceu naquela noite

“Saímos do Kilimandjaro em busca de um caixa eletrônico onde pudéssemos sacar o dinheiro. Em nossa busca, percebemos que o último trem para a nossa cidade estava prestes a partir. Isso desviou a nossa atenção e nos fez correr em direção à estação de trem. Acabamos chegando no último minuto para embarcar”, disseram. “Foi nesse ponto, quanto estávamos muito atrasados, que percebemos a nossa atitude e resolvemos que enviaríamos esta carta de desculpas com 40 Libras no envelope.”

Advertisement

“É com profundo pesar que, não sendo Middlesbrough, não possamos ir pessoalmente ao Kilimanjaro para nos desculpar. Não obstante, daremos cinco estrelas de avaliação para o seu estabelecimento no TripAdvisor”.

“Não seja rápido em julgar”

Apollo publicou a história no Facebook com fotos do conteúdo do envelope. Na legenda, ele escreveu: “Não seja rápido em julgar. É melhor questionar e esperar um tempo por uma resposta antes de julgar. Leia atentamente e você vai entender que ainda há pessoas honestas por aí”.

Veja essa outra história impressionante

Toma un momento para compartir ...

Erika Strassburger

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.