Como ensinar os filhos a estudarem as escrituras

Veja 14 sugestões para incentivar seus filhos a estudarem as escrituras de forma produtiva.

Erika Strassburger

Quando uma criança está cercada de livros, vê os mais velhos lendo e é constantemente incentivada a ler, a leitura se tornará um hábito na sua vida.

O hábito da leitura deve ser incentivado o quanto antes. A criança deve ganhar livrinhos de pano antes do primeiro aninho. Lá pelos dois anos, ela já pode ganhar livros de papel, bastante ilustrados e coloridos. Quando aprende a ler, ela deve ser incentivada a viajar nas belas histórias infantis. Os bons livros estão entre os melhores presentes que se dá a uma criança. “A leitura é a viagem de quem não pode pegar um trem“. Francis de Croisset.

Os pais religiosos devem incentivar seus filhos a lerem literaturas infantis e também as Escrituras Sagradas. “Considero as Escrituras de Deus como sendo a filosofia mais sublime.”

Isaac Newton. De todas as literaturas, elas são as que mais ensinam como ser uma pessoa íntegra e fiel a princípios elevados. “Quem ignora as Escrituras ignora o poder e a sabedoria de Deus (…). Na oração falamos com Deus; na boa leitura é Deus que nos fala.” São Jerônimo.

Veja algumas sugestões que lhe ajudarão a incentivar seus filhos a estudarem as escrituras de forma produtiva:

Advertisement

1– Compre-lhes escrituras ilustradas

Mesmo antes de aprenderem a ler eles já podem se familiarizar com as histórias das escrituras. Leia as histórias para eles e depois deixe que fiquem sozinhos com o livro, olhando as figuras e o folheando, como desejarem.

2 – Faça perguntas simples

sobre os pontos principais da história lida.

3 – Peça que eles recontem a história

através das figuras.

4 – Quando aprenderem a ler, estimule a leitura diária das escrituras ilustradas

, do início ao fim. Se na sua religião há mais de uma Escritura Sagrada, incentive-os a lerem cada uma delas.

5 – Algum tempo depois, quando melhorarem a leitura, já podem ler as escrituras convencionais. Trace uma meta de estudo. Um número de versículos por dia ou um capítulo, dependendo da velocidade em que leem.

Advertisement

6 – Esclareça suas dúvidas

Procure saber sempre em que parte da leitura eles estão. Pergunte se eles conseguem entender o que leem e se encontraram alguma palavra desconhecida. Incentive-os a fazerem perguntas sempre que tiverem dúvidas. Para que a leitura seja prazerosa, eles precisam entender o que estão lendo.

7 – Peça que relatem o que aprenderam

com a leitura. Faça-lhes perguntas que os ajudem em seu relato quando se atrapalharem.

8 – Peça que façam desenhos sobre o trecho que mais gostaram

É uma ótima forma de memorização e assimilação do que foi lido.

9 – Ajude-o a memorizar algumas escrituras prediletas

10 – Se seus filhos forem adolescentes, peça que façam metas de um estudo mais aprofundado. A essa altura, eles precisam identificar as doutrinas e compreender os simbolismos contidos nas escrituras. Eles podem cruzar as referências entre uma escritura e outra, e fazer anotações.

11 – Incentive-os a frequentar os cursos de estudo das escrituras oferecidos por sua igreja.

Advertisement

12 – A oração é fundamental

A cada leitura, desde pequeninos, oriente-os a orar antes de iniciar seus estudos. Diga-lhes que peçam discernimento e um momento agradável e de banquete espiritual. Ao encerrarem o estudo, diga que orem pedindo disposição para praticar aquilo que aprenderam.

Não existe nada mais útil do que a oração para abrirmos a compreensão das escrituras. Por meio da oração, podemos sintonizar nossa mente para procurar as respostas para nossas buscas.” Howard W. Hunter.

13 – Oriente-os a observarem os frutos da leitura diária e fazerem-lhe um relato das suas percepções.O contato diário com a palavra de Deus torna-nos pessoas felizes, mais dispostas a perdoar, a relevar pequenas desavenças e a fazer o bem continuamente.

14 – Acima de tudo, estimule-os a moldarem sua vida conforme os ensinamentos do Evangelho. De nada adianta ser perito no conhecimento teórico, se na prática o conhecimento é ignorado.

Os filhos tendem a imitar o comportamento dos pais. Se você mostrar, pelas suas atitudes, que as escrituras são importantes pra você, que você valoriza o que é ensinado e se esforça para viver aquilo que aprende, a lição será passada com mais propriedade.

Advertisement

Ezra Taft Benson disse: “Mais do que em qualquer outra época de nossa história, irmãos e irmãs, precisamos de maior espiritualidade. A maneira de desenvolvermos maior espiritualidade é banquetearmo-nos com as palavras de Cristo, conforme revelado nas escrituras”.

Pesquisai as Escrituras por vós mesmos.”

Ellen G. White. Permita que seus filhos aprendam por si as verdades do Evangelho. A verdade liberta contra o pecado, a ignorância e os engodos. Melhor do que ouvir um belo sermão é buscar a verdade por si mesmo, para não ser enganado.

Toma un momento para compartir ...

Erika Strassburger

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.