8 razões pelas quais muitas mulheres detestam sexo – e como resolver o problema

Confira as principais razões pelas quais muitas mulheres sentem náuseas só de pensar em “ter que fazer” sexo com o marido, e algumas sugestões para corrigir o problema:

Erika Strassburger

Não é raro encontrar mulheres que detestam sexo. Elas estão por toda parte, mas guardam dentro de si esse “segredo horrível” que lhes causam tanto sofrimento e dor.

Abaixo estão as principais razões pelas quais muitas mulheres sentem náuseas só de pensar em “ter que fazer” sexo com o marido, e algumas sugestões para corrigir o problema:

1. Não tiveram boas experiências anteriores

Experiências anteriores decepcionantes podem criar uma imagem totalmente distorcida das relações sexuais para algumas mulheres (e para alguns homens também).

Solução: Conversas francas com o marido a respeito do que a deixou decepcionada nas experiências anteriores podem ajudá-lo a não cometer os mesmos erros. Em alguns casos, é necessário buscar ajuda psicológica.

2. O marido é egoísta

Intimidade não combina com egoísmo. Marido e mulher precisam ser carinhosos um com o outro, especialmente o marido em relação à mulher, porque depende muito dele a satisfação da sua mulher.

Advertisement

Solução: O diálogo é a medida mais eficaz para resolver o problema. Muitos maridos nem se dão conta de que a mulher está insatisfeita. Ele precisa ser comunicado para poder corrigir ou melhorar suas atitudes nos momentos íntimos.

3. Falta de romantismo

As mulheres em geral são românticas e adorariam que seus maridos fossem mais românticos no dia a dia. Se o marido só abraça e beija sua mulher na hora do sexo (e às vezes nem nessas horas) é impossível ela sentir-se feliz com a intimidade conjugal. Quanto maior for o romantismo fora do quarto, melhores serão as experiências íntimas dentro dele.

Solução: Uma conversa aberta com o marido poderá resolver o problema. Mostrar este artigo a ele será um belo puxão de orelha.

4. Sentem dor

Acredito ser este um dos maiores motivos pelos quais algumas mulheres detestam sexo. Por algum motivo (orgânico ou psicológico) elas têm experiências fisicamente dolorosas e os momentos da intimidade se tornam tensos. Para elas é uma tortura em vez de um momento prazeroso.

Solução: O marido precisa saber desse desconforto que ela sente. E ambos precisam identificar a causa dessa dor. Para isso é imprescindível conversar com um ginecologista e, em alguns casos, um psicólogo.

Advertisement

5. Abuso sexual na infância ou adolescência

Os abusos sexuais na infância e adolescência podem trazer enormes prejuízos emocionais. Entre eles estão as fobias sexuais.

Solução: Um acompanhamento psicológico é fundamental. Além disso, é importante que o marido saiba do ocorrido, para que possa entender os motivos de sua mulher abominar o sexo e ajudá-la a superar o trauma.

6. O marido é promíscuo

Alguns homens pedem que suas esposas façam coisas na cama que elas definitivamente não gostam de fazer, não aprovam, acham nojento e totalmente inapropriado.

Solução: É algo que precisa ser conversado. O homem precisa respeitar a posição da mulher, e ela jamais deverá rebaixar-se a fim de satisfazer os desejos promíscuos de seu marido.

7. Falta de libido

Para uma mulher querer ter relações sexuais com o marido, ela precisa ter desejo sexual. Sem libido, não haverá motivação para o sexo.

Advertisement

Solução: Dependendo da idade da mulher, a diminuição gradual da libido é natural, especialmente após a menopausa. Ainda assim, hoje em dia há recursos para atenuar o problema. Mas se ela ainda é jovem e isso está acontecendo, é importante que ela investigue a causa. Um ginecologista é, a princípio, o especialista mais indicado para ajudá-la.

8. Não há mais amor

Neste caso, não é que ela não goste de relações sexuais, ela não gosta de fazer sexo com seu marido por não o amar mais. É muito difícil para qualquer mulher ter intimidade com alguém por quem ela não nutre um forte sentimento.

Solução: Sei que é bem difícil dizer ao marido que não o ama mais, mas é fundamental que ele saiba que os seus sentimentos mudaram. Porém, em vez de buscar o divórcio, ambos devem trabalhar para reconquistar o amor que um dia existiu. O artigo abaixo oferece um passo a passo para resgatar esse amor:

A repulsa por sexo é um problema que não pode ser ignorado. Suas causas precisam ser identificadas e tratadas, caso contrário, será bem difícil que o casal encontre felicidade em seu relacionamento.

Toma un momento para compartir ...

Erika Strassburger

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.