Vale a pena economizar se ganho pouco?

Com organização e muita firmeza é possível economizar mesmo com baixos rendimentos.


Michele Coronetti

Poupar é sempre benéfico, em qualquer circunstância. No mundo real há pessoas que ganham pouco e têm poucos compromissos e também há os que ganham pouco e não tem comprometimento de renda elevado. E é lógico, existem os que ganham muito com ambas situações de comprometimento de renda. Não importa qual a situação, poupar sempre será bom, pois além de oferecer segurança, traz uma agradável sensação de sucesso.

Leia: 5 dicas financeiras para famílias de baixa renda

A quantidade realmente não importa, desde que o objetivo seja cumprido. É claro que é muito mais rápido comprar algo que está almejando com uma poupança maior. O hábito de poupar uma vez instalado faz uma grande diferença. E aquele dinheiro guardado sempre servirá para algo necessário ou para um luxo. Economizar sempre valerá a pena, não importando as circunstâncias.

Leia: Como poupar dinheiro independente do quanto ganha

Para conseguir juntar em meio a um rendimento baixo ou não valem algumas dicas:

  • Utilizar o princípio do 50/30/20. Ele é mais indicado para os que ganham pouco ou muito e têm compromissos baixos. Em resumo, 50% do rendimento é para pagar contas (luz, água, telefone entre outros compromissos importantes), 30% para gastar com o que quiser e 20% para poupar.

  • Utilizar o princípio do 70/20/10. Este é para quem tem compromissos mais pesados como o aluguel. A renda é distribuída em 70% para os compromissos, 20% para o que quiser e 10% para a poupança.

    Advertisement
  • Manter controle financeiro através de planilhas, aplicativos ou mesmo em um caderninho é importante sempre, pois só assim é possível verificar quanto efetivamente é gasto em cada área. A programação para poupar exige atenção e o dinheiro, quando separado assim que recebido, é mais provável que vá ao destino certo. Deixar para guardar o que sobrou traz uma dura realidade: nunca sobra.

  • Estar ciente de que o dinheiro poupado não será retirado caso acabem os rendimentos antes do próximo recebimento ajuda a seguir com o plano. Apenas casos extremos como doenças estão liberados para sacar a poupança.

  • Se guardar um montante no começo do mês parece muito difícil experimente economizar diariamente. Pegue os R$ 10,00 gastos usualmente em algum hábito diário que pode ser substituído e o guarde. Ao final de um mês de 30 dias serão R$ 300,00 investidos.

  • Aprenda a economizar em todas as áreas. Corte despesas desnecessárias. Quanto maior a economia, maior o valor guardado, e o enriquecimento chega mais cedo.

  • À medida que os rendimentos vão ficando maiores, é sábio aumentar o valor guardado através de outros tipos de investimentos. Com um valor considerável na poupança, o valor pode ser retirado e aplicado em locais onde renderá mais ainda em menos tempo. Quanto maior o montante, maior o juro a receber. Aplicações interessantes e outros tipos de investimentos existem e valem a pena ser considerados.

Para conseguir poupar são importantes o autocontrole e o real desejo de economia. É necessário a resolução de começar. No início pode parecer difícil, porém acaba virando um hábito. Não importa o tamanho da renda, poupar sempre será a melhor saída para uma vida mais feliz e segura.

Leia: 5 hábitos financeiros que farão com que você sofra no futuro

Toma un momento para compartir …

Michele Coronetti

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.