Um bom cônjuge tem estes 5 traços. Como você se avalia?

Você acha que é um cônjuge fantástico? Você pode se surpreender... Avalie a si mesmo nessas cinco áreas-chave.


Aaron Anderson

Como um conselheiro matrimonial em Denver, Colorado, muitas vezes me perguntei o que é preciso para ser um bom cônjuge. A maioria das pessoas lê artigos que lhes dizem para se comunicar com seus cônjuges, nunca ir para a cama com raiva, etc. Mas para ser um cônjuge fantástico é preciso muito mais do que controlar a raiva e conversar sobre os problemas. Há muitas outras características mais importantes, necessárias para ser um ótimo cônjuge. Aqui estão cinco:

1. Ouvir – sem julgamento

Você sabia que os bebês que têm cuidadores mais afetivos têm melhores temperamentos e são ainda mais resistentes a certos problemas de saúde? É verdade. Como seres humanos, todos somos beneficiados quando sentimos que estamos sendo bem cuidados. Mesmo como adultos, ainda nos beneficiamos de cuidados gentis. No casamento, o benefício está em saber que estamos seguros em nossos relacionamentos e que os nossos cônjuges nos amam, não importa o que aconteça. Mas cada vez que você fica com raiva de seu cônjuge e diz-lhe algo embaraçoso ou toda vez que você tira sarro de seu cônjuge, isso lhe envia uma mensagem: “você não está seguro comigo.” Críticas fazem com que nossos cônjuges se perguntem se realmente são aceitos pelo que são.

Todos nós já estivemos em situações em que precisamos mostrar nosso melhor comportamento: em festas do trabalho, na igreja, etc. Embora este bom comportamento seja uma parte de quem somos, é apenas uma parte. Há outras partes que temos medo de deixar que os outros vejam – daí, nós não as mostramos em público. Você não quer que o seu parceiro se sinta como se não pudesse ser ele mesmo na sua presença. Você quer que ele saiba que ele pode ser quem ele é, e mesmo assim, você vai amá-lo. Ouça-o – não importa o que ele diga – e adie qualquer crítica. Quando o seu cônjuge sente que está sendo avaliado ou tem medo de dizer as coisas na sua frente, é hora de refletir mais sobre você mesmo que sobre ele.

2. Permita-se ser conhecido

Depois de anos de casamento, o seu relacionamento pode se tornar rotineiro e comum. Você para de falar profundamente com o seu cônjuge, e se concentra mais nas coisas do dia a dia. Mas, para ser um bom esposo, você nunca deve desistir de compartilhar coisas pessoais com o seu parceiro. Você deve estar sempre contando a ele suas esperanças, sonhos, medos, etc. Se você sempre tem conversas rotineiras ou sente dificuldade em dizer algo mais do que “como foi seu dia?” É hora de cavar mais fundo dentro de si mesmo. Em breve você vai descobrir que seu relacionamento começa a ficar mais profundo, também.

3. Aceite a sua vulnerabilidade

Todo mundo tem medos. Todo mundo se preocupa se é querido pelos outros. Em vez de tentar fingir que não tem nenhum receio, mostre seus medos. Converse sobre eles. Permita-se ser vulnerável na frente de seu cônjuge. Isso dá ao seu parceiro a oportunidade de conhecerem-se – um ao outro em tudo. Se você não está fazendo isso, o seu cônjuge vai começar a pensar que você está “distante” ou “inacessível”.

4. Faça amor, muitas vezes

A intimidade tem muitas formas diferentes. Às vezes, você tem intimidade apenas porque “já faz um tempo.” Às vezes, porque você está estressado. O melhor tipo de intimidade é quando você está tão romântica e emocionalmente ligado ao seu cônjuge que a única maneira que você pode demonstrar é no quarto. Mesmo que seja impossível ser assim o tempo todo, isso lhe dá a direção de algo por que lutar. Desafiando-se a passar tempo de qualidade com o seu cônjuge, geralmente os aproximará fora do quarto também. Essa proximidade vai fazer maravilhas ao seu relacionamento.

5. Seja independente

O casamento não é uma negociação meio a meio. Ser um bom cônjuge significa que às vezes você tem que segurar o relacionamento, enquanto sua esposa está passando por momentos difíceis. Isso significa que você pode ter que cuidar da roupa, preparar todas as refeições, encontrar um bom encanador e cuidar das coisas que são necessárias em casa. É bom ter uma esposa que cuida da casa, mas você não deve ser totalmente dependente dela. Você deve ser capaz de fazer muito por si mesmo, e fazer muitas vezes, mas você convida sua esposa para trilhar o caminho da vida com você, porque você gosta de sua companhia.

Advertisement

Ser um cônjuge fantástico significa que você está emocionalmente envolvido com o seu parceiro. Isso é muito mais do que simplesmente falar com seu parceiro sem ficar com raiva. Se envolva em criar uma conexão emocional e vínculo com seu cônjuge. Mostre seu amor e crie um profundo e permanente relacionamento insubstituível.

Leia também: 20 maneiras de ser mais agradável com o seu cônjuge

_Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original A good spouse has these 5 traits. Do you measure up?.

Toma un momento para compartir …

Aaron Anderson

Aaron Anderson é terapeuta e diretor da clínica "The Marriage and Family Clinic em Denver, CO. Ele é escritor, palestrante e especialista em relacionamentos. Leia mais em seu blog RelationshipRx.net.