Soluções fáceis para a alergia alimentar de seu filho

Descobrir que seu filho tem intolerância ou é alérgico a algum tipo de alimento ou, ainda, que o organismo dele não consegue processar alguma substância causa alguns problemas.


Georgia Lee

Descobrir que seu filho tem intolerância ou é alérgico a algum tipo de alimento ou, ainda, que o organismo dele não consegue processar alguma substância causa alguns problemas. Muitas crianças têm uma reação negativa imediata a certos alimentos ou aditivos, enquanto outras desenvolvem sintomas crônicos que se tornam mais fortes com o passar do tempo. As reações podem variar de erupções cutâneas, dores abdominais ou de cabeça, náusea e vômito até o perigoso edema de glote (fechamento da garganta), que pode levar à morte.

Descobrir o problema

É preciso fazer alguns exames para determinar com eficiência se seu filho é sensível ou tem intolerância a algum alimento. O pediatra pode realizar o teste de alergia realizado na pele, que cobre vários tipos de alergênicos comuns, ou pode pedir um exame de sangue. Você pode testar se seu filho é alérgico oferecendo a ele o alimento a que você acha que ele seja alérgico e depois observando sua reação. Faça o teste com a supervisão do médico. Outra maneira de determinar se seu filho é alérgico a algum alimento é retirar esse alimento da dieta dele e verificar se os sintomas desaparecem ou continuam.

Os alimentos mais comuns que desencadeiam uma reação alérgica são:

  • Laticínios

  • Glúten — encontrado no trigo, na cevada, no centeio e em aveia e trigo sarraceno processados de modo tradicional. A aveia e o trigo sarraceno não contêm glúten, mas são contaminados com glúten quando entram em contato com farinha de trigo durante o processamento.

  • Milho

  • Castanhas

    Advertisement
  • Ovos

  • Mariscos

  • Soja

O que fazer quando seu pequenino faminto tem problemas com alguns alimentos?

Trocas comuns

  • Sempre que possível, adquira alimentos orgânicos e não modificados geneticamente. Algumas vezes, o organismo apenas rejeita ou não reconhece as alterações feitas nos alimentos e reage negativamente a eles. As moléculas dos alimentos não são o problema, mas sim os hormônios, os pesticidas, as toxinas e os corantes e aditivos.

  • Experimente dar leite de cabra em vez de leite de vaca. O leite de cabra é muito nutritivo, tem menos gordura que o leite de vaca e oferece um potencial muito mais baixo a reações alérgicas, além de ser alcalino, o que faz muito bem para o corpo. Além disso, o queijo de leite de cabra é uma delícia. Outras opções são o leite de soja, o de amêndoa, o de cânhamo e o de coco.

  • O trigo pode ser substituído por grãos que não contêm glúten como arroz, quinoa (ou quinua), painço (ou milhete), amaranto, milho e aveia. A aveia sem glúten é processada de modo diferente da aveia comum, de forma a não se contaminar com o glúten do trigo processado no mesmo local. O trigo sarraceno, apesar do nome, não contém glúten como o trigo comum. Mas, assim como a aveia, pode ser contaminado com o glúten do trigo comum durante o processamento. Se deseja um substituto para a farinha de trigo, experimente usar farinha de batata, de amêndoas, de arroz, de milho e de soja.

  • Se infelizmente o milho e a soja também tiverem sido riscados da lista, experimente usar farinha de castanhas, como de amêndoas e de coco. Caso as castanhas também causem problemas, a farinha de arroz e a de trigo sarraceno são as opções padrão.

  • Preparar bolos e pão sem usar ovos pode ser difícil, mas algumas receitas usam purê de maçãs e uma ou duas colheres de sopa a mais de fermento em pó para obter a mesma levedura e o mesmo volume.

Medicina ocidental

O pediatra de seu filho poderá prescrever medicamentos anti-inflamatórios, como anti-histamínicos ou esteroides para manter sob controle a reação do sistema imunológico aos alimentos que causam alergias. Mas uma intolerância muito forte a certos estímulos talvez não seja fácil de controlar com medicamentos.

Advertisement

Medicina oriental

A medicina oriental oferece uma grande variedade de opções para as sensibilidades alimentares. Mesmo que você não acredite nessas técnicas milenares, vale a pena experimentá-las. Algumas opções são: acupuntura, reiki, elixires de ervas e cura por energia. Tente tudo o que puder e ajude seu filho a voltar a ter um organismo equilibrado. Faça o que for necessário.

Traduzido e adaptado por Wagner Vitor do original Easy solutions for your child’s food alergy, de Georgia Lee.

Toma un momento para compartir …

Georgia Lee

Georgia D. Lee is a University of Miami Alumna who seeks to empower, inspire, enrich and educate anyone with an open mind, heart and spirit through her most treasured medium - black and white!