Se você é indeciso, você irá se identificar com estas 5 situações

A coaching e psicóloga Gislene Isquierdo, explica todos os passos que irão apontar se você é uma pessoa indecisa e como superar o sentimento de indecisão.


Roberta Preto

O momento em que me tornei mãe foi o mais marcante de minha vida. Eu tinha completado 16 anos e estava segurando um bebê, sendo assim, precisei da noite para o dia deixar de ser uma criança e me tornar uma mãe.

Eu sempre fui indecisa e medrosa, no entanto, eu sabia naquele exato momento que “aquela criança nos meus braços precisava de uma mãe que a protegesse”. Eu duvidei que pudesse conseguir, mas, eu amava tanto aquela criança que jamais desistiria dela, então li a seguinte frase: “A coragem não é ausência do medo, mas sim, a percepção de que existe algo que é mais importante que o medo.”

Embora eu fosse apenas uma menina de 16 anos, levantei minha cabeça e enfrentei meus medos, tornei-me uma mãe forte, protetora e dei ao meu filho o que ele precisava: educação, respeito, firmeza, integridade, coragem e amor fraternal.

De acordo com a psicóloga Gislene Isquierdo, coaching em oratória e liderança, a indecisão é um sentimento, e como todo sentimento, ela tem uma causa, geralmente tem origem de algum pensamento e de outros sentimentos incutidos no interior da pessoa insegura.

A psicóloga aponta 5 situações que lhe ajudará a identificar-se como uma pessoa indecisa e responde a algumas perguntas que poderão ajudá-la a mudar tal situação:

Medo

Tudo lhe apavora, mesmo as decisões mais simples da vida.

Autoestima baixa

A vida pode estar “perfeita” a sua volta mas, não há um dia que não acorde se sentindo incapaz de seguir em frente.

Advertisement

Dificuldades de relacionamentos interpessoal e profissional

Todos os seus relacionamentos costumam ser temporários e, na vida profissional, você sente-se incompleta.

Falta de posicionamento

Não importa se você esteja certa e se tenha a solução para o problema, recuar é a única coisa que você consegue fazer. Expressar sua opinião, nem pensar, pois você não quer desafiar e nem ser desafiada por ninguém.

Frustração

Uma vida de medo, fracassos e sempre à sombra de outros, só a faz sentir-se frustrada e desanimada, pois a pessoa mais difícil de encarar pela manhã é você mesma na frente do espelho.

Por que a indecisão precisa ser tratada?

Porque a indecisão é a ponta do iceberg… O que está por baixo dela é muito mais profundo e pode gerar muitos problemas para a vida.

O ato da pessoa comportar-se de forma indecisa, mostra os sentimentos de insegurança, medo… e as consequências são muito negativas.

Quais são as oportunidades que pessoas indecisas perdem na vida ?

Oportunidade de relacionamento pessoal, raramente ela diz o que pensa e se sente, muitas vezes tem medo de desagradar, de arrumar discussões e por isso acaba não se expressando… Por não se expressar afasta as pessoas de perto de si.

Oportunidade de relacionamento profissional, ela não se sente bem em ir ao encontro de outras pessoas para fazer um networking, por exemplo. Às vezes, ela desejava “aquele cargo” e por não ter falado com ninguém, perdeu a oportunidade.

Oportunidade de vida… Acaba ficando na sombra de alguém mais seguro e que se expressa com mais firmeza e convicção.

A pessoa indecisa pode tornar-se uma pessoa doente mental e emocionalmente?

Sim, pode! E ao longo desses 14 anos de atuação como profissional da psicologia, posso afirmar que mente e emoção caminham juntas!

E uma pessoa indecisa tem um diálogo interno na sua maior parte do tempo. Sabotar, ela não confia em si, na sua percepção, prima muito pela opinião do outro e quer na maioria das vezes agradar as pessoas ao seu redor.

Advertisement

Qual conselho você daria ao indeciso?

Daria um conselho simples e altamente eficaz: “Fortaleça seu Eu interior”, mas para ficar mais palpável eu desmembrei em 5 ações:

1. Identifique o externo

Perceba em quais situações você se comporta de forma indecisa (Pessoais ou profissionais ou ambas, seja o mais específico possível).

2. Identifique o interno

Responda para si mesmo: “Quando eu passo por essa situação, quais são os pensamentos que eu tenho?

3. Classifique o interno

Esses pensamentos são sabotadores ou sábios? Os sabotadores lhe afastam dos seus objetivos ou sábios lhe aproximam.

4. Mude o interno

Se os pensamentos forem sabotadores, mude-os para pensamentos sábios… Pensamentos que lhe fortaleçam e que tragam à tona a sua melhor versão.

5. Viva a sua melhor versão

Você não precisa dar um salto gigante da indecisão para a decisão total; da dúvida para a certeza! Mas entenda que a cada dia, a cada momento você pode viver a sua melhor versão! E mais… que todos os dias você tem a oportunidade de aprimorar-se, de desenvolver-se!

“Um dos meus princípios é: Minha melhor versão é, hoje, melhor do que ontem”.

Toma un momento para compartir …

Roberta Preto

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.