Quero que meu filho ame ler, mas não tenho tempo de ajudá-lo!

A leitura traz múltiplos benefícios para as crianças. Aqui ensinamos a forma de fomentar este valioso hábito em seus filhos.

Emma E. Sánchez

Não é demais exaltar a importância que a leitura tem em nossa vida. Não há nenhum aspecto dela que não se veja afetado ou influenciado por nosso nível ou domínio da leitura. Todos os pais desejam que seus filhos cheguem ao ponto de amar a leitura, para que encontrem nela uma forma de diversão, não apenas por deveres acadêmicos.

No entanto, o ponto ao que docentes e pais chegam sempre é:

O que podemos fazer para que uma criança ame a leitura?

Na escola, nós, docentes, fazemos nossa parte, desde começar a ensinar as primeiras letras até levar as crianças e adolescentes a ler seus primeiros livros ou romances juvenis, acompanhando-os com as ferramentas necessárias para desenvolver um pensamento crítico. Mas, definitivamente, requeremos o apoio dos pais e, sobretudo, necessitamos de seus exemplos – como leitores!

Nesse ponto os pais respondem: “sim, sim eu quero, professora, mas, a que hora? Vivo trabalhando e quando tenho tempo livre, na verdade, só quero descansar”.

E então aqui vão magníficos conselhos que seguramente ajudarão os pais a seguirem abonando a melhoria da leitura e diversão de seus filhos.

Advertisement

Encontre sua biblioteca local

Em muitas cidades, até em alguns bairros, existe alguma biblioteca pública ou associações que oferecem momentos de leitura para crianças, a famosa “hora do conto”,onde os pequenos podem escutar um conto, conversar ou realizar alguma atividade sobre leitura. Nestas atividades, muitas vezes os pais podem deixar os filhos e depois buscá-los, ou então, revezarem-se para que um dos pais leve as crianças a cada semana, e todos aproveitam juntos.

Esta é uma grande experiência, pois as crianças convivem entre si, leem ou escutam livros divertidos de diferentes maneiras e ainda percebem que é possível emocionar-se com os livros, e ainda podem fazer perguntas aos contadores de histórias sobre o que quiserem.

Grave seu próprio “audiolivro”

Uma das formas mais fáceis e lindas que um pai/mãe ocupado pode fazer por seus filhos é gravar-lhes um conto em seus momentos livres para que, assim, eles possam escutar ao longo do dia.

Esta ótima ideia veio a mim quando, ao conversar com um menino, que por sinal é uma grande leitor, que me disse que seu pai lia um conto para ele todas as noites antes de dormir. Fiquei em dúvida porque sabia que seus pais estavam separados e que seu pai morava em outra cidade e eles só se viam nas férias.

Não fiquei tranquila com a história, até que um dia encontrei sua mãe, e ao conversar com ela sobre o que o menino me havia dito, a senhora me explicou que seu pai, todos os dias – enquanto dirige, come ou se prepara para dormir, ou quando tem qualquer tempo livre, grava a si mesmo lendo um livro e em seguida envia ao seu pequeno.

Advertisement

Então, a mãe põe o áudio para a criança ouvir todos os dias antes de dormir. Às vezes, um livro leva toda uma semana, inclusive meses, para ser ouvido, mas a família se dá o tempo necessário para ler e escutar junta.

Se você optar por esse meio, recomendo que seu filho tenha o livro à mão e você vai lendo e dizendo em que página está para que ele possa seguir a leitura, ou ele também pode ler uma parte e você continuar de onde ele parou.

Outra ideia é o audiolivro que todos conhecemos, atualmente existem muitos aplicativos, alguns gratuitos, que incluem livros infantis e para toda as famílias a preços muito acessíveis.

Enquanto seu filho escuta o conto, você pode trabalhar em seus próprios assuntos.

Peça ajuda a familiares e amigos

As crianças se encantam em escutar seus avós ou tios em videochamadas, então podem aproveitar esses momentos para mandarem áudios e conversar com os pequenos sobre seus livros favoritos.

Advertisement

Também, às vezes, outros familiares podem participar levando as crianças a eventos, livrarias ou bibliotecas. Todas essas atividades mostram à criança o quanto é importante a leitura para seu círculo familiar.

Atividades para além dos livros

Dizem por aí que uma leitura nunca estará completa se não nos convida a escrever. Escrever? Sim! As crianças podem começar a escrever suas próprias histórias, às vezes começam reescrevendo o conto que leram recentemente, mas mudando o final, mudando os personagens ou inventando uma nova história com sua própria imaginação.

Escrever, desenhar, fazer uma cena de teatro, representar o conto, recontá-lo com suas próprias palavras, tudo isso abona a leitura e incentiva a criatividade em seus filhos.

Sempre leve um livro consigo

Tenha livros no carro, no banheiro, na sala de jantar, na sala de estar, na varanda ou em qualquer lugar em que seus filhos passem, assim, sempre haverá um bom momento para pegar um livro e ler um pouquinho.

Convido você a visitar o site Domínio Público, onde pode encontrar diversos livros infantis para baixar gratuitamente. Além disso, se quiser, pode acessar o site kidsread2kids, onde encontrará áudios de crianças lendo em inglês e outras línguas, o que pode ser também muito atraente para as crianças.

Advertisement

O livro do mês

Você pode também traçar uma meta junto com seus filhos de lerem um livro por mês e, de acordo com a idade deles, escolher um que lhes permita alcançar o objetivo e fazer um registro, em algum lugar visível, para que todos os que venham à sua casa possam ver e conversar com as crianças sobre suas metas.

O melhor conselho

É muito simples: seus filhos devem ver que você gosta de ler. Se eles o virem com um livro nas mãos e desfrutando a leitura, eles buscarão fazer o mesmo.

Da minha parte, só me resta agradecer-lhe pelo tempo que tirou para ler este artigo.

Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa do original Quiero que mi hijo ame leer, pero ¡yo no tengo tiempo de ayudarle!

Toma un momento para compartir ...

Emma E. Sánchez

Casada y madre de tres hijas. Interesada en el fortalecimiento y formación de la mujer, la familia y el hogar.