Quantos filhos você deve ter?

Uma das questões mais importantes que os casais enfrentam é "Quantos filhos devemos ter?"


Dave Willis

Este artigo foi publicado originalmente no blog de Dave Willis e foi reproduzido com permissão. Traduzido e adaptado por Stael F. Pedrosa Metzger.

É uma pergunta com ramificações ilimitadas, e é uma que deve ser cuidadosamente considerada. Algumas famílias estão contentes com um (ou nenhum), mas outras têm tantos filhos que acabam parecendo reality shows. O que é melhor para sua família?

Leia: 8 cuidados ao lidar com um cônjuge que não quer ter filhos

Infelizmente, eu não tenho uma “fórmula mágica” que possa instantaneamente dizer-lhe o número de crianças que vocês devem ter, mas eu acredito que se você e seu cônjuge levarem em conta os seguintes princípios e perguntas, esse número pode ter um foco mais claro.

Em primeiro lugar, gostaria de abordar alguns fatores a não considerar ao determinar quantos filhos vocês vão ter…

1. Quantos filhos seus amigos estão tendo

Eu vejo um monte de casais criando o seu “plano de vida” baseado no que seus amigos estão fazendo e isso é quase sempre um erro. Quando você tenta estabelecer o momento ou determinar quantos filhos você terá baseado no seu grupo de amigos, você está dando demasiado controle de sua vida aos seus amigos. A partir de agora, você provavelmente não vai estar perto de muitos (ou qualquer) do seu grupo de amigos atual.

2. Férias ideais

Eu sei que isso pode parecer bobagem, mas no início, eu pensei que queria um ou dois filhos, porque tornaria mais conveniente uma experiência na Disneyworld e outros locais de férias. Sim, eu estava permitindo ao Mickey Mouse um voto decisivo no meu legado da família! Felizmente, mudei meus critérios.

Advertisement

3. A sua situação financeira atual

Você, obviamente, precisa ter um plano financeiro para ter uma família, mas eu conheço muitas famílias de baixa renda que encontram maneiras engenhosas para criar os filhos, e também conheço poucas famílias com rendimentos enormes que mesmo assim vivem em estresse financeiro constante. Independentemente do tamanho de sua família, você pode encontrar uma maneira engenhosa e que funcione.

Agora, estas são as perguntas que eu acho que você e seu cônjuge devem discutir:

1. Como queremos que a nossa família seja daqui a 30 anos?

As crianças são uma decisão geracional, mas tendemos a ser muito míopes ao determinar quantas devemos ter. Em vez de apenas pensar sobre as dificuldades dos primeiros anos, pensem em como será a família nas festas de Natal quando forem avós.

Leia: Para que ter filhos?

2. Será que um de nós quer mais um?

Isso pode ser um pensamento polêmico, mas eu acredito que você deve dar o voto decisivo para o cônjuge que quer mais filhos. Eu nunca ouvi um casal dizer: “Eu gostaria de não ter tido esse último filho!” Mas eu já ouvi muitos dizerem: “Eu gostaria de ter tido mais um.” Em última análise, você e seu cônjuge precisam conversar e tentar chegar a uma decisão unificada.

3. Já oramos sobre isso?

Se vocês são pessoas de fé, encorajo-os a orarem por sabedoria especificamente sobre esta questão. Eu não consigo pensar em um assunto mais importante para se orar!

Leia: Filhos são tesouros

Toma un momento para compartir …

Dave Willis

Dave Willis é um pastor, palestrante e autor de vários livros. Ele possui graduação pelo Georgetown College de Kentucky, onde encontrou o amor de sua vida, Ashley. Juntos, eles fundaram StrongerMarriages.org que ajuda casais em todos os níveis da vida a construírem e a manterem casamentos fortes. Dave dedica sua vida a fazer e também fortalecer casamentos, ensinar sobre Jesus Cristo e a Bíblia às pessoas, além de viajar e dar palestras ao redor do mundo. Dave e Ashley são pais de 4 filhos homens que são seu tesouro. Juntos, eles trabalham para ajudar a fortalecer o casamento e as famílias.