Os médicos não acreditaram quando Deus livrou este bebê da morte

Após 10 anos sem poder ter filhos, este casal conseguiu ter um bebê. Após um ano, o sonho quase se acabou, mas um milagre aconteceu.


C. A. Ayres

(Clique no rodapé do vídeo em CC para ver as legendas em português)

Após um ano do casamento de Tony e Jenny, Brooke, a primeira filha do casal que sempre planejou ter uma família grande, nasceu para a alegria da família.

O tempo passava e Jenny não conseguia engravidar de novo, mesmo após alguns tratamentos.

Achando que não poderiam ter outros filhos, embora nunca deixassem de orar e aguardar pacientemente que um outro bebê viesse, eles adotaram um bebê; e dois anos mais tarde, um menino com necessidades especiais.

Até que, após 10 anos de casamento, uma surpresa: Jenny estava grávida. Eles tiveram um menino e lhe colocaram o nome de Gideon Lukas Smith (Gideão em português – Na bíblia, Gideão, nome hebreu, foi um juiz dos Israelitas conforme relata os capítulos 6 a 8 de Juízes, e no capítulo 11 de Hebreus, ele foi citado como um exemplo de homem de fé).

A família estava feliz, até próximo ao aniversário de um ano de Gideon. Num almoço com amigos, Gideon mantinha a cabeça pendurada no colo do pai, quando Toni tocou sua cabeça para que ele olhasse na sua direção, e ele começou a gritar e chorar desesperadamente.

Os pais, assustados que algo estivesse errado e sem entender porque ele estava chorando tanto, provavelmente pela dor naquele local, levaram-no ao pediatra que lhes pediu que fossem ao hospital de crianças.

Advertisement

Lá, ele passou por vários exames e finalmente uma tomografia. Os médicos lhes trouxeram os resultados e disseram: “Seu filho tem um tumor no cérebro”.

Jenny diz no vídeo: “Nosso mundo parou. Ele deveria fazer uma cirurgia imediatamente e eu simplesmente liguei para toda a família e disse: Eu apenas quero que vocês orem.”

Gideon passou por uma cirurgia de 9 horas e meia para retirada do tumor, do tamanho de uma bola de tênis.

Logo após a cirurgia, seu corpo começou a falhar. Os médicos lhe medicavam, e lágrimas escorriam pelo seu rostinho.

A mãe relata o que aconteceu ao vê-lo chorando:

“Eu apenas orei e disse, “Senhor, eu preciso de você!” Foi então que tive a mais bela visão de anjos ao redor de Gideon e eles seguravam seus cabelos, e ele ria e estava em paz perfeitamente. Naquele momento, eu soube que acontecesse o que for, Deus teria nosso bebê. ” – disse a mãe, Jenny.

Ele passou 30 dias no hospital. O resultado da biópsia do tumor retirado na cirurgia mostrou que o tumor era resultado direto de um câncer cerebral, uma forma devastadora de glioblastoma, com menos de 5% de chance de sobrevivência.

O pai Tony conta: “A pergunta que vem de imediato é, por que Deus nos abençoou com um filho e agora o tirará de nós? O que nós fizemos de tão errado? Mas, nós estávamos acompanhados de família, amigos e nossa família da igreja, e o montante de amor e fé foi tão intenso que pensamos: Vamos orar para que o Senhor use esta situação para algo positivo. Este não será o fim, mas o começo.”

Como uma forma de buscar ajuda, os pais abriram uma página no Facebook chamada “Prayers for Gideon” (Orações por Gideon), onde postam todas as atualizações do tratamento de Gideon e solicitam orações específicas para lhe ajudar.

Após alguns dias, Gideon começou a melhorar e iniciou o tratamento de quimioterapia, onde a melhora é medida pelo número de células vermelhas sanguíneas. Na primeira semana, seu número era zero, e o mínimo para que ele pudesse realizar o tratamento estando em casa teria que ser de 500, e os médicos informaram que para isso levaria pelo menos mais 4 ou 5 dias no hospital, SE ele respondesse positivamente ao tratamento.

Advertisement

O milagre

Os pais então foram à página e pediram por orações específicas, e em menos de 8 horas, as células sanguíneas aumentaram de zero para mais de 7 mil! Os médicos repetiram o teste 3 vezes, porque não acreditavam no que estavam vendo.

Gideon passou por 6 meses de quimioterapia e o último dia caiu justamente no dia anterior ao dia de Ação de Graças, e toda a família tinha um motivo a mais para agradecer todas as bênçãos e orações, já que Gideon, estaria comemorando a data com toda a família, em casa.

Os últimos exames e tomografias mostraram que Gideon não tinha mais o câncer em seu corpo.

A mãe diz: “O Senhor nos ensinou tanto sobre apreciar cada momento, a sermos gratos pelas flores, por tudo que podíamos ver juntamente com Gideon. O Senhor esteve sempre lá conosco, Ele nunca nos deixou. Se Ele pode salvar uma vida, Ele pode salvar muito mais. Basta acreditarmos Nele.”

E completa: “Deus nos ensinou que Ele pode usar algo tão pequenino para nos ensinar coisas tão grandiosas”.

O dia 9 de maio de 2015 marcou o aniversário de 1 ano da cirurgia de Gideon.

Os pais sabem que, devido à quimioterapia e todo o tratamento, além de outras cirurgias que Gideon tem recebido, ele pode vir a desenvolver outros tipos de câncer no futuro, mas eles são eternamente gratos ao Senhor por ter poupado sua vida até então, e agradecem todo o apoio e orações recebidas.

_Imagens: Prayers for Gideon

Leia também: Ela perdeu a batalha contra o câncer mas mudou completamente a vida de toda uma comunidade

Toma un momento para compartir …

C. A. Ayres

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.