Os mandamentos do amor

Deus o conhece e o ama - sim, você. Ele também ama adolescentes fedorentos e maridos calvos. Saiba o que as Escrituras ensinam sobre o amor. Aprenda a amar sua família e vizinhos como o Salvador ama.


Shannon Symonds

Eu testemunhei o amor no dia que um juiz ordenou ao meu marido que comprasse sorvete para nossas crianças. Naquele dia, meu jovem marido adotou voluntariamente meus cinco filhos. Ele prometeu amá-los como se fossem seus para sempre. Eu aprendi ainda mais sobre amor anos mais tarde, quando esse mesmo homem espirrou em sua tigela de cereais e sem reclamar continuou a comer.

Na busca do amor e da felicidade, nós experimentamos uma vida cheia de milagres e testes. É um milagre quando um novo bebê cheiroso nasce. É um teste quando o mesmo bebê se recusa a usar desodorante no colegial ou trocar as suas meias de ginástica porque dão sorte.

Em um esforço para sobreviver aos altos e baixos da vida, eu explorei os “Mandamentos do amor.” Direto da Bíblia aqui está o que eu aprendi.

Ama com todo o teu coração, alma e mente

Quando você realmente ama alguém, você quer estar junto o tempo todo. Ele é parte de cada pensamento e de cada dia. Ele torna-se a voz em sua cabeça quando você está sozinho, tentando tomar uma decisão ou a necessidade de conforto. Você o conhece tão bem, você sabe o que ele vai dizer e como ele vai se sentir sobre você. Não importa qual o papel que desempenha esse amor em sua vida (seja amigo, filho, avô, ou alma gêmea), o pensamento de perdê-lo lhe tira o fôlego. Você se colocaria entre ele e qualquer coisa que o ameaçasse, arriscaria sua vida para protegê-lo. Puro, o amor sincero é como uma sarça ardente que não consome aqueles que estão dentro do fogo, ele os alimenta.

Ouvi Joseph B. Wirthlin, um destacado líder religioso, falar sobre o amor puro do Salvador. Ele disse: “A caridade é o puro amor de Cristo. O Salvador exemplificou o amor e o ensinou mesmo enquanto foi atormentado por aqueles que o desprezavam e odiavam… Em uma ocasião, os fariseus fizeram uma ardilosa pergunta a Jesus… ‘Mestre’, Eles perguntaram: ‘qual é o grande mandamento da lei?’. Os fariseus haviam debatido essa questão extensivamente e tinham identificado mais de 600 mandamentos… Eles achavam que a questão seria impossível para esse filho de um carpinteiro da Galileia responder…”

Wirthlin, então, compartilhou a resposta do Salvador a partir do livro de Mateus, “disse-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o primeiro e grande mandamento.”

Quando ouvi Wirthlin falando, eu percebi que se eu realmente amasse a Deus com todo o meu coração, alma e mente, eu pensaria nele dia e noite. Eu viveria e morreria por Ele. Suas necessidades viriam antes da minha, e eu encontraria grande alegria em servi-lo e dar tudo o que importava para Ele. Eu iria me agarrar a cada palavra sua. Ele se tornaria a voz na minha cabeça. Gostaria de conhecê-lo tão bem e confiar nele tão profundamente que eu ansiaria por saber como Ele se sente sobre mim e as coisas que faço e digo. E eu adoraria seu filho, meu Salvador, da mesma forma.

Advertisement

Deus ama e conhece você

Wirthlin também disse: “As escrituras nos dizem que se alguém ama a Deus, esse é conhecido Dele.” Que promessa maravilhosa – ser conhecido Dele. Eleva o meu espírito pensar que o Criador do céu e da terra pode nos conhecer e amar-nos com um amor puro e eterno.”

O Salvador já demonstrou seu amor por você, dando cada dia de sua vida em seu serviço. Ele deu a sua vida e venceu a morte para que você voltasse ao seu Pai Celestial. Ele o conhece, conhece seus pensamentos e sentimentos, sua dor e alegria. Você ora e Ele escuta. Não há distância. Não há limite de tempo para o seu amor por você, individualmente. Ele o conhece e o ama eternamente.

Ama o teu próximo como a ti mesmo é o segundo grande mandamento

Pouco antes de sua morte, enquanto Wirthlin fez o discurso que eu estou citando sobre o amor, seu corpo envelhecido começou a tremer violentamente de exaustão. Silenciosamente, outro homem próximo, amigavelmente levantou-se e foi para seu lado e apoiou Wirthlin. Ele apoiou e sustentou seu amigo na hora da necessidade, assim como somos instruídos no Novo Testamento. O Salvador disse: “E o segundo semelhante a este é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.” Mas quem é seu próximo?

O teólogo Howard W. Hunter disse: “Precisamos nos lembrar que embora nós escolhamos os nossos amigos, Deus fez o nosso próximo – em todos os lugares. O amor não deve ter nenhum limite; não devemos ter lealdades estritas.”

No mundo de hoje, quando escrevo estas palavras, elas alcançarão quase 4 milhões de pessoas. Todos são “o meu próximo”. Se um de vocês bater na minha porta em necessidade, e se eu seguir as escrituras, sou ordenada a amar você. Posso não concordar com você, não entender você nem segui-lo. Mas, eu vou vê-lo como igual e filho de Deus. Você é meu irmão ou irmã no mundo. Vejo você como você é, e abro meu coração e ofereço-lhe amor.

Amar como o Salvador ama

O Salvador deixou instruções sobre como amar. Ele disse em João: “Este novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei que também vos ameis uns aos outros. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.”

O Salvador amava a todos que encontrava, os cobradores de impostos, os doentes, leprosos e até mesmo a mulher que outros teriam apedrejado. Ele deu a vida por todas as pessoas, o bom e o não tão bom. Ele pede que façamos o mesmo.

Lembrai-vos de amar. Ensinai vossa família a amar. Amai-vos.

Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original The love commandments.

Toma un momento para compartir …

Shannon Symonds

Shannon Symonds worked 14 years as an Advocate for families experiencing Domestic or Sexual abuse while raising 6 children in Seaside Oregon. She loves to laugh, write, run, paint and most of all play with her family and friends.