O seu travesseiro pode ser o culpado das suas noites maldormidas

Descubra como seu travesseiro pode ser o grande vilão de suas noites maldormidas e dores constantes no pescoço e na cervical.


Roberta Preto

O mundo é um lugar mais belo bem cedo pela manhã. A vida é bem mais tranquila. Muito mais pode ser realizado em menos tempo.

Quem já foi dormir para tentar descansar e acordou mais cansado e dolorido do que antes? Eu já! Acordei não uma, mas, sim, muitas vezes e descobri que parte disso estava relacionado ao meu travesseiro.

Segundo o site Veja, um estudo recente na Alemanha, na Hannover Medical School, apontou que o travesseiro pode ser o responsável por dores no pescoço, coluna, torcicolo, dormência nas mãos e até o próprio cansaço.

A pesquisa envolveu 149 pessoas que sofriam com problemas na coluna cervical. Elas foram divididas em dois grupos pelos médicos. Um grupo teve o travesseiro substituído, o segundo grupo permaneceu com o mesmo.

A pesquisa envolveu um tempo prolongado. Depois de um ano o primeiro grupo sentiu-se aliviado com as dores na região do pescoço. Eles também passaram a acordar mais animados e descansados.

Sabemos que são diversos os vilões que contribuem para o surgimento de problemas na coluna, como sedentarismo, obesidade, movimentos repetitivos, genética e postura errada, todavia, o descuido acaba por se tornar o maior de todos os vilões. Portanto, é importante buscar ajuda de profissionais especializados para tratar de tais problemas e, também, é preciso mudar algumas coisas que estejam prejudicando o sono, começando com o travesseiro.

Observe as dicas de alguns profissionais e os tipos de travesseiros ideais para um bom sono:

Advertisement

Qual travesseiro comprar?

De acordo com o ortopedista, Maurício Marteleto, da SBOT (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), investir em qualidade de vida é essencial, mesmo que de imediato isso não pareça necessário, acredite, esse investimento simples fará toda a diferença, principalmente quando se trata do sono que leva em torno de 8 horas por dia.

O especialista afirma que é fundamental comprar um travesseiro que se adapte melhor ao pescoço, observando sempre o aspecto ergonômico de apoio ao pescoço e à cabeça.

Tipos de travesseiros

Plumas e penas de ganso

Costumam ser os mais leves e macios dos travesseiros, todavia, eles precisam de trocas constantes, porque não são estruturados para alinhar a cervical com o tronco quando as pessoas se deitam de lado como de costume. Outro problema é que acumulam ácaros, bactérias e fungos.

Espuma

Este não é tão macio, como o citado acima, mas, ele não cede ao peso da cabeça tão facilmente.

“Espuma da NASA”

Este é o de última geração. Está entre os mais caros, pois sua espuma se adapta de acordo com a temperatura e contorno do corpo.

Flocos de espuma

Este proporciona uma abertura entre os pedaços de espuma, permitindo-o que fique mais macio, porém, ele acaba cedendo na altura durante à noite, caso o produto não seja de boa qualidade.

Toma un momento para compartir …

Roberta Preto

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.