O sentido da própria vida

Como nos sentimos frágeis diante de certas situações. E não tem jeito, aprender a viver é mesmo uma tarefa árdua, mas essencial. Aprenda a melhorar isso.


Beth Valentim

O silêncio é uma maneira sábia de controlar a palavra cruel que você recebe. A primeira reação é reagir, enviar pelos ares o mesmo tom das tais palavras, mas a forma de imunizar algo ruim que recebe é não multiplicar seu veneno.

Em sua sabedoria você deve não esperar muito do outro, e é por essa razão que se decepciona tanto, por esperar do outro e com a mesma magnitude o retorno do que fez.

Os sentimentos se espalham e podem destruir se não estiver com um bom escudo na alma

Deixar o ódio ocupar o coração é uma estratégia bélica contra si mesmo e bons guerreiros, guerreiros do bem, não erram a posição de seus arcos e, portanto, suas flechas jamais irão apontar para o próprio coração.

Não espere pela generosidade de alguém para amar, o seu amor não é limitado a ponto de que só evolui se receber algo do outro. Evoluir não é receber dotes de outras pessoas, e sim providenciar os seus próprios recursos emocionais.

Amor-próprio é fundamental para construir o futuro

Amor-próprio, e a expressão diz tudo, é um amor construído por cada indivíduo e, sendo assim, receba amor do próximo, mas não viva em função dele.

Estar diante da vida com precisão é reformar aquilo que lhe persegue há anos e transformar em perdão.

É não mais sentir-se perseguido por pensamentos que afligem e sim, poder ter a honra de experimentar um novo tempo, digno e repleto de benfeitorias desenhadas pela esperança.

Advertisement

Amar não é nada fácil e é preciso amar-se fundamentalmente antes

Não crie altas expectativas diante do próximo. Sabe? Lidar com pessoas não muito íntimas é difícil, mas lidar com pessoas que amamos também é difícil.

Reflita e entenda os seus próprios sinais, o que já é difícil, porque os sinais dos outros, a eles pertencem.

Siga em frente por sua estrada e não olhe para trás, a não ser que seja para ajudar alguém que esteja com dificuldades.

Assim se faz algo melhor. Assim a vida expande janelas e pode ver melhor os caminhos que esperam para serem seguidos.

O sentido da vida sempre está claro, mas para complicar desviamos o olhar. Entender que a felicidade é simples é algo complexo para o ser humano, mas depois de tropeçar bastante vai dar passo a passo com clareza e precisão, todos baseados nessa tal simplicidade que torna tudo melhor e mais digno de ser vivido.

Não tema o sentido de sua vida, ele lhe foi concedido com todas as graças e possibilidades, e, portanto, faça por onde e aceite e ofereça carinho dos melhores em cada virada, reta, dobrada de esquina, porque você é importante e jamais se esqueça disso.

Leia também: Mundo pessoal – Uma escolha sem fim

Toma un momento para compartir …

Beth Valentim

Beth Valentim é Consultora em comportamento, escritora e blogueira. Atende em consultório particular e trabalha com Assessoria Individualizada para executivos. Mora no Brasil mais especificamente na Cidade Maravilhosa, Rio de Janeiro.