O que os especialistas querem que você saiba sobre lavar as mãos

A lavagem correta das mãos pode reduzir em até 40% das doenças comuns como a diarreia e os resfriados, segundo a OMS.


Michele Coronetti

As pessoas já estão acostumadas e muitas realizam a higiene manual sem se programar, afinal faz parte da rotina. A frase é ouvida desde a infância e existe até um dia mundial para alertar profissionais da saúde quanto à importância da lavagem das mãos.

A recomendação não é apenas para os hospitais, mas para todos, não importando a profissão. Seja para quem trabalha com manipulação de alimentos ou em um escritório, digitando no computador, a importância de constantemente lavar as mãos é igual. E existem alguns bons motivos para isso.

As pessoas utilizam as mãos para fazer praticamente tudo, mexer no celular, trabalhar, para cumprimentar, fazer compras, e uma carga muito grande de bactérias e vírus pode se alojar nelas. Muitas doenças como resfriados, gripes, herpes e conjuntivite podem ser evitadas com este simples ato de limpeza. A recomendação é a mesma que as mães ensinam:

Devemos lavar as mãos após:

  • As refeições

  • Utilizar o banheiro

  • O preparo de alimentos crus

    Advertisement
  • Espirrar, tossir ou mexer no nariz

  • Tocar animais ou seus dejetos

  • Lidar com o lixo

  • Visitar uma pessoa doente

  • Tocar em feridas

  • Manipular objetos comunitários (como notas de dinheiro)

  • Frequentar ônibus

  • Tocar em portas públicas (ambiente de trabalho e escolar também)

Além destas situações, sempre que for observada qualquer sujeira nas mãos, elas devem ser lavadas.

Para uma lavagem eficaz é necessário o uso de um bom sabonete, liquido ou não, e água. Todas as superfícies devem ser friccionadas com o agente de limpeza para um bom resultado. Não se deve esquecer dos pulsos, dedos e unhas. Profissionais da saúde e alimentação são instruídos a seguir estas orientações para uma boa lavagem de mãos:

Advertisement
  • Retirar anéis e outros acessórios, inclusive alianças

  • Molhar bem toda a superfície das mãos e pulsos

  • Aplicar a quantidade necessária (determinada pela sujidade) de sabonete líquido ou em pedra

  • Espalhar muito bem o sabão, formando espuma que retirará a sujeira, bactérias e vírus que podem estar na superfície.

  • Continuar esfregando os dedos e entre eles

  • Esfregar as pontas dos dedos na palma das mãos para limpar as unhas

  • Esfregar os pulsos

  • Enxaguar com água até retirar toda a espuma

  • Torneiras automáticas são as melhores para não contaminar novamente as mãos ao terminar. Caso não seja possível, utilizar papel toalha para fechar a torneira

  • Secar as mãos muito bem com uma toalha limpa ou papel

Uma limpeza completa como essa demora de 15 a 20 minutos. Ela pode ser finalizada com uma solução alcóolica. Estas soluções, normalmente apresentadas em gel, também são úteis e seguras quando a lavagem com água é dificultada. Por isso, manter uma embalagem com estas soluções na bolsa representa proteção maior, especialmente quando se estiver fora de casa, apesar dela não substituir a lavagem efetiva.

Segundo o site ZH Bem-Estar, a lavagem correta das mãos pode reduzir em até 40% das doenças comuns como a diarreia e os resfriados. Eliminando a oleosidade, o suor e as células mortas através da lavagem correta das mãos, fungos, bactérias e vírus não encontram nelas um bom ambiente para sua permanência e proliferação, protegendo a própria pessoa e aqueles que ela interage.

Toma un momento para compartir …

Michele Coronetti

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.