O poder da esperança

Aprenda a ver as coisas pelo lado da esperança e da sua capacidade interior.


Beth Valentim

Quando tudo parece perdido, vem o sopro da esperança

Caiu, levantou, se viu nas trevas, chorou. Saiu de cena e deixou tudo para trás. Pois é, existem momentos assim, onde todas as cenas não são bonitas, mas no fundo, lá no fundo, existe luz. Nela é onde você pode encontrar algo que possa responder seus anseios. Traduzir emoções e criar novas expectativas, porque na vida a última coisa que morre é a esperança, já não escutou isso? Mas guarde: a esperança é a primeira que vive para aqueles que lutam, são determinados e sobrevivem ao caos e sem desespero refazem suas vidas.

Dor com esperança é dor que faz crescer

Dói. Sim, eu sei. Ser feliz é assim, não é para perdedores. Lutar em um emprego. Sentir-se livre outra vez depois de apanhar feito doido na vida. Ter fé com a certeza de que ela é o combustível necessário para superar. Abastecer-se de atitudes boas, dignidade e sabedoria.

Ter poder sobre a própria vida e não ser arrogante, mas saber administrar situações que parecem complicadas demais com a cabeça erguida do amor-próprio. Saídas? Existem muitas, mas é necessário saber fazer a boa leitura das vias, avenidas, curvas, subidas e descidas, porque elas cansam, fragilizam, mas mostram o caminho para realizar os objetivos.

Esperança é vida e não está em você à toa

Esperança é um sentimento sensacional. Ela faz inflar o peito e oferece a alma o sopro da alegria. Faz sorrir e depois chorar de felicidade. É o misto de emoções, sentimentos que podem fazer do mínimo o máximo, porque pessoas esperançosas sabem viver os momentos, os detalhes, as verdades e até as mentiras… Por quê? Porque a verdade e a mentira são feitas de detalhes e os esperançosos são especialistas em tirar proveito de situações delicadas e ínfimas e que podem mostrar o muito a ser feito para modificar a vida.

Não se desespere, sinta-se livre para ter esperança. Talvez no início vá ser estranho com toda essa sensação no peito, mas, acredite, ela solta fagulhas por dentro de uma pessoa aberta a desafios e sem medo de experimentar de novo o renascer… E reacende o fogo de viver. Às vezes mostra o faz de conta, mas tudo bem, logo vira a página e lhe deixa diante da realidade.

Esperança boa motiva, empurra, é eficaz. Esperança que eleva a autoestima é a que lhe mostra o autoamor, o que cria laços com a dignidade e faz com que alivie o espirito e fortaleça os músculos para que consiga poder caminhar.

Nem tudo se resume em glórias, claro, eu sei, você também sabe, mas a pitada de esperança nas perdas também apimenta a vida e no bom sentido, imagina nos ganhos…

Advertisement

Esperança é a força do amor… Sua energia é tão poderosa que ninguém consegue abater alguém assim, vestido com essa armadura, que não aparece, mas transparece.

Toma un momento para compartir …

Beth Valentim

Beth Valentim é Consultora em comportamento, escritora e blogueira. Atende em consultório particular e trabalha com Assessoria Individualizada para executivos. Mora no Brasil mais especificamente na Cidade Maravilhosa, Rio de Janeiro.