Não se trata apenas de ser um casal fofo, trata-se de ser uma grande equipe

Os cônjuges precisam construir, curar e reconstruir constantemente seu relacionamento. Coloque seu tempo nisso e vocês serão uma grande equipe.

Emma E. Sánchez

Dizem que sou muito piegas, mas confesso: adoro ver casais que se vestem iguais ou famílias com as mesmas camisas! Adoro fotos de família e casais que andam de bicicleta juntos de uniforme, aniversários de crianças onde todos se fantasiam e choro de emoção quando uma família canta ou se diverte junta porque imagino que sejam um grande time que nada nem ninguém pode derrotar.

Todos os casados, ainda mais quando estão namorando, adoram que os amigos e familiares lhes digam que formam um casal fofo, não é mesmo?

Essa expressão nos faz sentir confiantes em nossa escolha

Mas, acima de tudo, faz-nos sentir que eles aceitam ou validam de alguma maneira nosso relacionamento.

Quem já está casado há algumas décadas sabe que não basta “ser um casal fofo”, porque o tempo e as experiências nos ajudaram a compreender que para um casamento triunfar é preciso muito mais e, em particular, vir a ser uma grande equipe juntos.

O casamento é a associação que escolhemos de nossa livre e espontânea vontade com aquele que amamos, de maneira que,  ao reconhecermos seu potencial,  não podemos imaginar a nossa vida sem essa pessoa.

Advertisement

Como se tornar uma tremenda equipe?

Ao contrair matrimônio, o casal se une e assume um compromisso. Na grande maioria das vezes, de forma não muito consciente, a necessidade de se comprometer e trabalhar juntos para alcançar uma vida feliz é reconhecida com o passar do tempo.

Se você está prestes a se casar, ou já está no início do casamento, ou com alguns anos de casada, convido-a a considerar as seguintes recomendações, pois, certamente, mais de uma delas serão úteis para fortalecer seu relacionamento e conseguir trabalhar junto com seu cônjuge e se tornarem uma tremenda equipe!

1. Reconhecer seus pontos fortes e áreas de oportunidade

Somos todos diferentes, felizmente, e isso é uma grande riqueza. Você e seu marido são diferentes e têm, ao mesmo tempo, coisas em comum que justamente os fizeram se conhecer e formar um casal.

Vocês dois têm muitos dons, talentos, conhecimentos e habilidades que devem colocar a serviço do relacionamento. Por outro lado, também é muito importante reconhecer aquelas áreas onde não somos muito bons ou até mesmo fracos, e que precisamos de apoio para não afetar o relacionamento.

Esta análise pode ser feita em casal e, com muita sinceridade e respeito, determinar onde precisam de apoio e onde podem apoiar um ao outro.

Advertisement

O mais organizado cuidará das tarefas que exigem sua habilidade.

2. Saber se comunicar de forma efetiva e afetiva

Certamente você já ouviu que a chave para um casamento feliz está na boa comunicação e no respeito. Então, só posso dizer que para que essa boa comunicação aconteça, você pode criar o hábito de antes de dormir, ou enquanto se prepara para isso, de falar sobre como foi seu dia, o que fizeram e como se sentiram, deixando de lado as reclamações e a busca por brigas. Não se esqueça de dar um beijo de boa noite.

Se a cada noite despenderem alguns minutos para conversar, esse canal de comunicação será aberto e se fortalecerá dia a dia.

As manhãs também são uma boa oportunidade para rever rapidamente os planos e metas do dia, desejar boa sorte e despedir-se com amor.

São pequenos hábitos que podem ser adquiridos com alguns minutos por dia, constância e demonstrações sinceras de afeto.

Advertisement

3. Aprender a planejar e definir metas em conjunto e separadamente

É aqui que a comunicação é testada constantemente e, da mesma forma, fortalecida. Aqui começa a força de uma equipe. Vou lhe dar algumas ideias:

Decida um dia por semana, uma tarde de domingo ou qualquer outro dia que você possa reservar, como sua junta de trabalho semanal. Nessa reunião vocês vão começar a estabelecer, por exemplo, o orçamento familiar, vão organizar as despesas, os pagamentos e vão definir metas, tais como a meta anual de economia, a compra de algo e assumirão compromissos.

Nessas reuniões, à medida que os filhos vão chegando em casa, eles são convidados a participar e se envolver, pois, afinal, são uma parte importante dessa grande equipe.

Férias, viagens, estudos, atribuições e grandes e importantes decisões serão tomadas aqui, e as grandes conquistas que você deseja para o seu futuro nascerão nesses encontros.

Os objetivos pessoais cabem nesse encontro, porque, no final das contas, tudo o que qualquer membro da família faz causa impacto nos outros.

Advertisement

4. Administrar os recursos, os talentos, o dinheiro e a casa 

Cada família pode e deve organizar-se para resolver seus assuntos da maneira que melhor lhes convier, nunca unilateralmente e sem ter discutido o assunto conforme necessário.

Infelizmente, tenho visto muitos casais maravilhosos se separarem porque nunca conseguiram trabalhar juntos, não conseguiram administrar sua renda, não conseguiram tirar proveito de seus recursos, eram egoístas ou não permitiam que seu parceiro tomasse decisões ou tivesse autoridade. A decepção vem pouco antes da perda do amor e, então, tudo acaba.

Os dois são importantes, inteligentes e capazes no casamento, nenhum está acima do outro, cada um deve se sentir satisfeito com as funções ou atribuições que decidiram juntos.

5. Investir tempo e recursos

O casamento precisa de tempo e de que se invista constantemente nele. Dediquem uma tarde por mês, ou sempre que puderem, para sair juntos, passar um tempo sem seus filhos ou outros parentes. Tempo suficiente para andar de mãos dadas, tomar um sorvete ou sair para ver um filme.

Marido e mulher precisam construir, curar e reconstruir constantemente seu relacionamento e, às vezes, a rotina, os deveres e os filhos os impedem de fazer isso.

Advertisement

Não permita que isso aconteça! Invista em seu casamento.

6. Divertir-se, desfrutar, trabalhar e se sacrificar juntos e de maneira equitativa

Dizem que, para as coisas durarem, devemos tratá-las de maneira diferente, e o mesmo vale para as pessoas. O bom humor em casa deve ser frequente, o bom ânimo perante as adversidades e no momento em que fizerem seu planejamento é essencial.

Adquiram bons hábitos, como casal, em que possam ter oportunidades para desfrutar e se ajudar, sempre de forma equitativa. Que nunca seja apenas um dos dois que sempre faça as coisas, nem que sinta que é apenas você quem sempre dá tudo, sem receber o mesmo de seu cônjuge.

A forma como tratar seu marido e ele tratar você não apenas fará com que seu casamento triunfe e perdure, mas também moldará o caráter de seus filhos e os ensinará como tratar o parceiro e como devem ser tratados. Dessa forma, eles nunca permitirão que alguém lhes dê um tratamento inferior a esse padrão.

Espero que essas ideias inspirem você a colocar algumas em prática e a melhorar seu casamento e sua família. Não desanime se as coisas não funcionarem muito bem no início, continue tentando! Você verá que a perseverança sempre dá bons frutos.

Advertisement

Traduzido e adaptado por Erika Strassburger, do original No se trata solo de ser una linda pareja, sino de ser un tremendo equipo 

Toma un momento para compartir ...

Emma E. Sánchez

Casada y madre de tres hijas. Interesada en el fortalecimiento y formación de la mujer, la familia y el hogar.