Mitos sobre perder peso que você não deve acreditar

Beber água às refeições engorda? Tomar vitamina engorda? E comer de três em três horas emagrece? São tantas as dúvidas. Recentes descobertas contam o que é mito e o que não é.


Stael Ferreira Pedrosa

O sonho de todo mundo é ficar magrinho e poder comer de tudo. Quem não sonha com isso? Por isso muitas pessoas embarcam em programas e dietas loucas para perder peso. Mas, emagrecer é um processo mais complicado que, infelizmente, não cai do céu. Temos que fazer a nossa parte.

E é aí que muita gente desanima, tem que se privar de alimentos que gosta, tem que fazer exercícios e isso é muito chato. Mas, realmente mudanças têm que ser feitas. O importante é fazer uma profunda análise dos benefícios que se espera: saúde, melhor aparência, boa disposição x sacrifício.

Antes de embarcar em dietas loucas ou produtos milagrosos, confira os mitos e as novas descobertas da ciência em relação à perda de peso.

Mito: Emagrecer é uma questão puramente física

É muito comum, pessoas que começam uma dieta, segurarem a onda por alguns dias e de repente não aguentam mais e atacam um bolo de chocolate ou exageram na quantidade. Isso pode não ser apenas pela fome que a dieta está causando, mas por um problema psíquico que pode ser ansiedade, compulsão, culpa, autogratificação, etc. Além disso existe a razão errada que leva a pessoa a querer perder peso. Se for para ser aceita pelos outros, para conseguir um namorado, para agradar a um cônjuge ou os pais, o foco estará centrado nos outros e não em si mesmo, o que pode prejudicar os resultados do programa de emagrecimento e na manutenção, pois além dos fatores acima, pesquisas têm mostrado que pessoas que comem por depressão ou ansiedade têm maior tendência a recuperar os quilos perdidos. Por isso o ideal é fazer um acompanhamento multifocal.

Mito: Todos têm um peso pré-determinado geneticamente e não se pode ir além disso

A influência genética no peso e na forma corporal tem sim importância para o emagrecimento, mas não é fator decisivo. Talvez demande mais tempo e esforço, mas é possível todo tipo físico emagrecer, haja vista as pessoas que ficaram em campos de concentração durante a segunda guerra mundial, não havia obesos entre elas. Da mesma forma pessoas que desenvolvem anorexia emagrecem independente de seus genes.

Mito: Tomar vitamina engorda

Vitaminas não engordam. Embora algumas vitaminas como a B1 e B12 aumentem o apetite elas não são necessariamente culpadas pelo ganho de peso. O que engorda é a ingestão excessiva de carboidratos. Como regra geral não tome complementos vitamínicos sem supervisão médica.

Mito: A perda de peso é sinal que a dieta é boa

Qualquer dieta pode fazer alguém emagrecer, existem diversos tipos. No entanto, nem todas são boas ou saudáveis. Dietas restritivas em excesso podem privar o organismo de nutrientes essenciais, causar fraqueza, doenças e até a morte. A melhor opção na verdade é a reeducação alimentar para a vida inteira, eliminando excessos de carboidratos simples (açúcar, biscoitos, refrigerantes, pão branco), que só fazem mal e não alimentam e fazer exercícios. Pode demorar mais, mas os efeitos também durarão por muito mais tempo.

Advertisement

Mito: Comer de 3 em 3 horas emagrece

Esse é um conceito que está ficando ultrapassado. A fome é o indicador natural para todos os animais que é hora de comer. Dar ao organismo mais alimento do que ele precisa e mais vezes do que ele pede, não só engorda como é prejudicial. Além disso, não há comprovação científica de que comer de 3 em 3 horas acelere o metabolismo.

Existem muitos médicos que defendem o jejum intermitente no qual a pessoa passa 16 horas sem comer como algo muito benéfico à saúde. Já outros defendem que comendo no mínimo de 4 em 4 horas, evita-se a hipoglicemia. O que os médicos chamam nesse caso de hipoglicemia é na verdade o hiperinsulinismo causado por excessos de carboidratos. Portanto, se a pessoa reduz ou elimina o consumo de carboidratos, poderá ficar mais tempo sem comer e não ter hipoglicemia. Claro que isso é válido para quem não tem diabetes. Em todo caso, procure seu médico antes de qualquer decisão alimentar.

Mito: Beber água durante as refeições engorda

Outro mito. A água não engorda. Inclusive pode até ajudar a emagrecer, pois a água ocupa parte do estômago se ingerida antes da refeição, o que faz com que a pessoa coma menos. O que pode acontecer é que tomar líquido em excesso durante a refeição dilate o estômago fazendo com que a pessoa passe progressivamente a comer cada vez mais. Mas, se for um copo apenas isso não acontecerá. Porém, tomar refrigerantes ou sucos sim, engorda, pois há acréscimo de calorias.

Toma un momento para compartir …

Stael Ferreira Pedrosa

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.