Menino imita brincadeira da internet e tem 40% do corpo queimado

Veja o que aconteceu e alerte seus filhos sobre estas brincadeiras perigosas!


Rachel De Castro

O acidente

O menino viu um vídeo na internet e decidiu imitar, juntamente com seu irmão, enquanto estavam sob os cuidados de sua avó no Bairro Montese, em Fortaleza. O médico confirmou ao site Globo que a criança teve queimaduras de 2º e 3º graus em 40% do corpo.

A criança estava com o irmão na casa da avó quando viu na internet outras crianças brincando com álcool em gel. Encontrou o produto na casa, tentou colocar o álcool em uma garrafa e colocou fogo. Aconteceu então uma “explosão que acabou atingindo o jovem na metade do rosto, nas costas e em parte das pernas,” segundo o site G1 Ceará.

“O irmão dele nada sofreu. Teve só um pequeno ferimento no pé, mas nada de grave”, disse o pai.

Ajuda dos vizinhos

A avó ligou para os pais, que tinham saído para ir em uma feira de moda na capital, e avisou que “o menino tinha sofrido um acidente e teve que ir ao hospital.”

Os vizinhos socorreram a criança e o levaram ao Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF).

As queimaduras

O médico João Neto, que trabalha no setor de queimados do IJF, informou que ele sofreu queimaduras de 2º e 3º graus em 40% do corpo e diz que o quadro dele é grave, apesar de estar estável agora.

O menino passou por algumas cirurgias e o pai informou que ele não corre risco de morte, toma banho todos os dias, não ficará com sequelas e que a previsão de alta é de 30 dias.

Advertisement

“Ele já iniciou o tratamento com banhos anestésicos e passou por um procedimento cirúrgico. Ele vai fazer ainda um segundo procedimento cirúrgico. Tem também que fazer transfusão sanguínea e vamos ver como vai ser, como vão se comportar as queimaduras”, acrescentou o médico.

Cuidado

Os pais de crianças jovens devem ficar em alerta para esses tipos de brincadeiras da internet, muitas delas podem ser perigosas. Com o acesso fácil que as crianças têm na internet, é importante tomar cuidado com o que elas estão vendo e denunciar brincadeiras do tipo.

É sempre bom manter produtos perigosos longe do alcance de crianças, principalmente bebês que não reconhecem os riscos. Para crianças mais velhas, é importante explicar os produtos que nunca se deve mexer.

Toma un momento para compartir …

Rachel De Castro

Rachel De Castro é esposa e escritora com formação em ciência política. Acredita que o mundo já tem críticos demais por isso decidiu motivar e inspirar pessoas.