Mãe doa cabelo para filha adolescente com doença que impede fios de crescerem

Você dá valor ao seu cabelo? Conheça a história dessa jovem que daria tudo para poder passar os dedos entre os fios do próprio cabelo.


Caroline Canazart

O que uma mãe pode fazer pela vida de um filho? A britânica Jo Green, 41 anos, não pensou duas vezes quando viu o sofrimento da filha Lauren de 17 anos. A adolescente tem uma doença, Alopécia, que fez com que ela tivesse uma queda severa de cabelo. Aos oito anos de idade ela perdeu, em três dias, todo o longo cabelo loiro que tinha. “Um dia ela acordou e encontrou seu cabelo sobre o travesseiro. Ele começou a sair em punhados”, contou a mãe.

Depois de muitas tentativas de tratamentos, bullying na escola e perucas que não se encaixavam corretamente na cabeça da filha, Jo resolveu deixar o próprio cabelo crescer para doar à filha.

Foram três anos para que o cumprimento dele fosse ideal para a confecção de uma peruca especialmente feita para Lauren. Antes de raspar o cabelo, a mãe o pintou de loiro para deixá-lo parecido com a cor natural do da filha.

Leia mais: 4 dicas para criar um forte laço entre mãe e filha

Lauren diz que está muito feliz com o resultado e, principalmente, por ser o cabelo de sua mãe. “Me sinto uma nova pessoa. É como se fosse o meu próprio cabelo”, afirma.

Para a criação da peruca, foi feito um molde da cabeça de Lauren de malha fina. Depois que o cabelo de sua mãe foi raspado, ele foi enviado para um especialista em perucas realistas. Cada fio do cabelo da mãe da adolescente foi costurado à mão no molde usando uma técnica de costura que levou semanas para deixá-lo pronto.

Para Jo não foi um sacrifício deixar o cabelo novamente curto já que ela o usava assim normalmente. “Eu deixei crescer especialmente para isso. Queria fazer algo especial para ela”, conta a mãe.

Advertisement

A doença não prejudica a saúde física da pessoa, mas ela pode ter efeitos sobre a qualidade de vida e a saúde emocional. Perder o cabelo é um grande impacto sobre a confiança e autoestima. Para Lauren, nem todos os dias são fáceis, porém, ela afirma que acredita que tudo acontece por uma razão. “Às vezes é duro ouvir meninas reclamando sobre seu próprio cabelo. Elas deveriam se achar afortunadas, pois eu adoraria poder amarrar o meu cabelo em um coque”, diz a adolescente.

Leia também: A real beleza da mulher: Você é mais bonita do que pensa

Imagens:Catraca Livre

Toma un momento para compartir …

Caroline Canazart

Caroline é uma jornalista catarinense que optou por ser mãe em tempo integral depois do nascimento dos filhos. Ama escrever e ainda acredita que pode mudar o mundo com isso.