Levar o próprio almoço no trabalho – vantagens na saúde e no bolso

Equilibre as contas e cuide da sua saúde apostando em alimentos saudáveis que você mesmo preparou!


Evelise Toporoski

A marmita ou quentinha, a comidinha caseira que algumas pessoas levam para almoçar no trabalho já foi vista com maus olhos, mas está virando moda e recebendo muitos adeptos, pois é uma maneira econômica e saudável de almoçar.

Entenda porque o motivo de levar marmita para o trabalho é uma boa opção.

Vantagens financeiras

A pesquisa Refeição Assert Preço Médio, divulgada em 2015, mostra que o gasto médio com a alimentação fora de casa é de R$27,36 nas grandes cidades brasileiras. Muitas vezes o vale refeição recebido pelo funcionário não chega a este valor, e sobram poucas opções para a hora do almoço, ou não sobra dinheiro no fim do mês!

Segundo informações do jornal O Dia, no Rio de Janeiro, o valor médio da refeição fora de casa é de R$33, enquanto os policiais militares recebem R$12 por dia para almoçar, segundo Sinpol, sindicato da categoria. Ou seja, utilizando o vale refeição os policiais conseguiriam almoçar apenas até o dia 10 de cada mês!

Dessa maneira, a saída é comprar o alimento no mercado e preparar em casa para almoçar, pois a refeição dessa maneira terá um custo mais baixo.

Além de custar menos, a sua saúde também agradece pela marmita!

Benefícios para a saúde

Um buffet de um restaurante traz inúmeras opções de alimentos, e quando você percebe, colocou de tudo e mais um pouco no prato. Dessa maneira, a dieta fica desequilibrada, e repetindo esse processo todos os dias, você logo vai ganhar alguns quilos!

Advertisement

Com a comida de casa, você não corre esse risco, e pode escolher o que vai comer antes mesmo de sentir fome, e não se deixará levar pelo impulso de comer batata frita, lasanha e peixe frito no mesmo dia!

Para acertar no cardápio da sua marmita, inclua sempre uma opção de carne, cereais, como arroz, feijão, lentilha ou grão de bico, duas opções de legumes e folhas verde à vontade. Você pode variar colocando uma massa (macarrão, lasanha, ravióli) e mais a salada, ou fazendo pratos únicos como um risoto ou uma torta salgada de legumes e atum, por exemplo.

O ideal é montar um cardápio semanal do que vai preparar para o almoço, assim, você evita o desperdício de alimentos e de dinheiro!

Quando estiver sem ideias, conte com alguns blogs que dão receitas práticas e saudáveis de refeições, como o Marmiteira.

Leia: Como embalar o almoço para viagem

Mude hábitos, e consiga equilibrar as contas e cuidar da sua saúde de uma vez só!

Toma un momento para compartir …

Evelise Toporoski

Jornalista com experiência em redação de jornais e revistas. Mãe e esposa compartilhando experiências de vida!