Isso causa câncer: Mitos e verdades

Afinal, qual o seu risco de câncer? Câncer pega? Todo câncer mata? Estas e outras respostas você vai encontrar neste artigo.


Stael Ferreira Pedrosa

Desde que comecei a escrever para o Familia.com a respeito de câncer, tenho recebido diversas mensagens de pessoas com várias dúvidas sobre a doença. A maioria tem dúvidas sobre o que causa câncer e como saber se elas vão ter câncer ou não.

Primeiramente gostaria de esclarecer que não sou médica. Não posso dar diagnóstico e nem prescrever medicamentos. Para um diagnóstico, procure seu médico. O que faço aqui é trazer informações que eu pesquiso e verifico as fontes se são ou não confiáveis.

Quanto às perguntas que os leitores me fazem as mais comuns são essas:

O que causa câncer?

Não existe um único fator causador de câncer, mas a soma de alguns ou vários. Entre eles estão:

  1. Herança genética
  2. Exposição a fatores externos, tais como:

<ul>
<li> Substâncias: fumo, amianto, formol (presente em vários compostos químicos como as tintas), álcool e gás radônio – pouco utilizado no Brasil, agrotóxicos, bisfenol e dioxina (presentes no plástico).

<li> Alimentos: Açúcar (seu excesso torna o organismo ácido e propício ao desenvolvimento do câncer), carnes processadas – linguiça, bacon e presunto. Transgênicos, refrigerantes, inclusive diets, gorduras hidrogenadas, óleos geneticamente modificados, tempero glutamato monossódico.
</ul>

Leia: Isso que você faz todos os dias pode causar câncer

Advertisement

<ul>
<li> Outros

Radiação, amianto, vírus, hormônios, condições imunológicas baixas, etnia.
</ul>
São muitas e diversas as causas do câncer e nenhuma delas é 100% decisiva, ou seja, o uso, contaminação ou exposição aos fatores cancerígenos não dá 100% de certeza que a pessoa desenvolverá o câncer. Nem mesmo a hereditariedade, aliás o câncer não é hereditário, é bom esclarecer. O que há é uma predisposição genética, que embora importante, não assegura a ninguém a incidência da doença.

Leia: Câncer de ovário: o que há de novo sobre esse assassino silencioso

Mitos e verdades

Mitos

O câncer é hereditário

Como já explicado acima esse é um mito muito comum, com exceção do Retinoblastoma, o câncer não passa de pai para filho.

O câncer é contagioso

No geral, o câncer não é contagioso, embora existam dois tipos de câncer que podem ser transmitidos por via sexual, sangue e seringas infectadas: HPV, o vírus da hepatite B (câncer de fígado) e o vírus HTLV (leucemia e linfoma de célula T do adulto).

Tumor e câncer é a mesma coisa

Todo câncer é tumor, mas nem todo tumor é câncer. Os tumores cancerígenos são usualmente denominados como “malignos” e os tumores não cancerígenos como “benignos”. Tumor é qualquer aumento de volume em qualquer parte do corpo. São diferentes do câncer por que não se espalham para outros órgãos, têm limites definidos, crescem mais lentamente e na maioria das vezes não levam a óbito.

Pessoas negras não correm risco de câncer de pele

Estão tão expostas quanto qualquer outra pessoa, já que o fator determinante não é o sol – embora ele contribua – mas a acidez física.

O filtro solar protege totalmente contra o câncer de pele

Há muita controvérsia entre o uso ou não do filtro solar devido a substâncias nocivas encontradas nos mesmos (como o parabeno). Fato é que o filtro solar não protege totalmente a pele, principalmente contra os raios infravermelhos.

Leia: Como evitar escolher o protetor solar errado

Verdades

O câncer pode ser curado

Sim. Se detectados no início e tenham bom acompanhamento, as chances de cura são grandes. Atualmente mais da metade dos tipos de câncer existentes são curados. Porém isso não significa que o câncer não voltará. Se a pessoa desenvolveu o câncer por exposição ambiental e não se afastar do ambiente cancerígeno, o câncer pode reincidir.

Advertisement

Leia:

Tem como se prevenir do câncer

Uma vida saudável ajuda muito a prevenir o câncer. Isso inclui não fumar, não beber, não usar drogas, alimentar-se bem, tomar sol para adquirir vitamina D, uma alimentação saudável e orgânica de preferência, além de exercícios físicos e manutenção de peso adequado.

Leia: Seu anticoncepcional pode ajudá-la a prevenir o câncer

Qualquer pessoa pode desenvolver câncer

Infelizmente é verdade. E quanto mais velho se é, maior o risco. O organismo do bebê é alcalino e do velho, ácido. O risco aumenta se houver casos familiares próximos e exposição aos agentes cancerígenos já citados.

Leia: Câncer de mama não afeta apenas as mulheres. Saiba como também afeta os homens

Amamentar evita o câncer de mama

Sim! A amamentação reduzo risco de câncer de mama. Segundo a pesquisadora Valerie Beral do Centro de Pesquisas Caridade da Grã-Bretanha “Quanto maior o tempo que a mulher amamenta, maior é a proteção contra o câncer de mama”.

Toma un momento para compartir …

Stael Ferreira Pedrosa

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.