Feliz Dia dos Namorados: Você não é minha alma gêmea

Você acredita que existe apenas uma pessoa certa para você?


Kevin A Thompson

Nota do Editor: Este artigo foi publicado originalmente no blog de Kevin Thompson e reproduzido aqui com permissão, traduzido e adaptado por Stael F. Pedrosa Metzger.

Sempre apostamos na ideia de uma alma gêmea.

Nós pensamos:

Todo Adão tem uma Eva.

Todo Romeu precisa de uma Julieta.

Toda Pedrita agarra o seu Bam Bam.

Um bom número de pessoas acredita que existe uma pessoa perfeita, que foi criada para nós e o grande desafio da vida é encontrá-la.

Advertisement

O mito grego

A ideia da alma gêmea vem da mitologia grega. Diz a lenda que o deus grego, Zeus, olhou para a humanidade que tinha quatro braços e quatro pernas e sentiu medo. Medo que os humanos pudessem tornar-se muito poderosos e então ultrapassá-lo. Em um esforço para nos enfraquecer, ele nos cortou ao meio para que pudéssemos passar os nossos dias à procura de nossa parte separada, nossa alma gêmea, a nossa outra metade.

A causa Nº 1 do divórcio não é o que você pensa

Vem da mitologia grega a crença de que há apenas uma pessoa criada exatamente para você.

Se a ideia de uma alma gêmea é verdade, então…

O casamento deve ser fácil

Se alguém foi criado só para mim, deveríamos então nos encaixar como uma luva perfeita. Cada um dos meus pontos fracos deve ser compensado por sua força, e cada um dos meus pontos fortes deve compensar suas fraquezas.

É possível se casar com a pessoa errada

Não seria apenas possível, seria realmente provável. Se houver apenas uma pessoa com quem eu possa me casar, as chances de encontrar aquela pessoa – especialmente na primeira tentativa – são poucas. Se eu me casar com a pessoa errada, estarei destinada ao fracasso ou à necessidade de divórcio.

Se eu estou solteiro, minha vida não está completa

Se eu estou procurando a minha outra metade, então eu sou apenas metade de uma pessoa até que eu a encontre.

Todas essas possibilidades são mentiras. São crenças equivocadas que adicionam estresse às relações de namoro, enfraquecem os casamentos, e criam descontentamento em quem acredita nelas.

A verdade cristã

Em contraste com a mitologia da alma gêmea, a teologia cristã dá uma visão diferente do casamento.

A visão cristã do matrimônio é:

Cada pessoa é criada à imagem de Deus e sem necessidade de ser completada por outra pessoa. Homens e mulheres se complementam, mas não completam um ao outro.

Advertisement

Ser um adulto solteiro é uma maneira satisfatória de viver e é muitas vezes até preferido.

Todos são livres para se casar com outra pessoa, se desejam fazê-lo.

Pode-se escolher quem quer que seja, embora Deus dê orientações para que se faça uma escolha sábia.

Contraímos matrimônio esperando dificuldade porque somos pessoas decaídas em um mundo decaído e Deus deseja que sejamos transformados em sua semelhança.

Uma vez que não há uma pessoa criada para nós, não podemos afirmar que nos casamos com a pessoa errada. A escolha é nossa; quem escolhemos, se torna a pessoa certa.

O grande desafio das relações não é encontrar a única pessoa criada especificamente para você. O grande desafio é escolher alguém e trabalhar a relaçãoa tal ponto que, eventualmente, cada um sente como se nunca poderia haver mais ninguém para si.

Escolher é melhor que ser compelido

Minha esposa não é a minha alma gêmea. Ela não foi criada apenas para mim. Ela não me completa.

Tão romântico quanto parece dizer que ela foi “criada para mim”, é muito mais verdadeiro dizer: “Deus deu-lhe a opção de se casar com qualquer um no mundo e ela me escolheu.”

Se a mitologia da alma gêmea fosse verdade, o amor não seria uma escolha, mas uma necessidade incontrolável. A teologia cristã é muito mais bonita. Minha esposa não foi forçada a me amar; ela optou por me amar. Ela não foi criada para mim; ela deu-se a mim.

A maior ameaça para o seu casamento pode não ser o que você imagina

A ideia de uma alma gêmea pode parecer mais atraente em um cartão; mais romântico em um filme; mas na verdade não passa de uma miragem de algo muito melhor – uma relação verdadeiramente comprometida com base na escolha individual de amor.

Qual é melhor, um amor por escolha ou um amor forçado?

Sou grato por minha mulher não ser minha alma gêmea. Isso reafirma seu amor verdadeiro por mim. Ela não foi forçada a me amar, mas escolheu livremente fazê-lo. E esse é o maior presente do Dia dos Namorados que eu poderia receber.

Toma un momento para compartir …

Kevin A Thompson

Kevin A. Thompson é o Pastor líder da Igreja da Comunidade da Bíblia, localizada em Fort Smith, Arizona. Ele escreve diariamente um blog focado em liderança, casamento, pais e filhos, (especificamente porque é pai de uma criança com necessidades especiais). Ele é dono juntamente com sua esposa da empresa de marketing JThompsonMMC, graduado pela Beeson Divinity School e pela Universidade Batista de Oklahoma.