Família e religião: combinação perfeita!

Um lar e uma família estruturada são ótimos para uma criança. Quando há religião no ambiente, melhora mais ainda.


Michele Coronetti

O mundo está mudando e juntamente com ele os conceitos básicos da sociedade. A estrutura familiar tem sido discutida e modificada mesmo com opiniões divididas quase que igualmente. Muito tem sido falado e pleiteado para que a humanidade mude sua maneira de viver.

A família como base da sociedade é um conceito que foi mantido por séculos e que deu certo, constando inclusive da Constituição Federal. Ao permitir que a estrutura familiar seja diferente do tradicional, muitas alterações sociais acabam ocorrendo e afetando o meio ambiente.

Quando uma criança chega a um lar sem sofrer rejeições e recebe bons ensinamentos e exemplos de seus cuidadores sua capacidade de reagir bem socialmente na vida adulta será muito maior. Adaptações talvez sejam necessárias para suprir as necessidades e promover para a criança o que for mais próximo de uma estrutura familiar.

Juntamente com a importância da família está o ensino religioso. Faz parte da natureza humana pertencer a uma crença, seja uma religião ou filosofia, algo que promoverá crescimento pessoal ao longo dos anos de vida. Famílias com práticas religiosas constantes no ambiente familiar ajudam na formação de melhores seres humanos para a sociedade em vários aspectos:

1. Espiritualidade

Mantendo tradições e hábitos de acordo com a crença religiosa familiar o fator da espiritualidade individual é satisfeito. Frequência à igreja, orações em família, estudo de escrituras e outras formas de adoração são importantes e necessárias.

2. Moralidade

Os valores morais estão cada vez mais esquecidos ou em desuso. A religião traz para os integrantes familiares esse resgate a valores virtuosos. Pais que vivem os princípios morais pregados por sua religião serão um excelente exemplo para seus filhos, mesmo que eles escolham outro caminho.

3. Fraternidade

Na religião, o amor ao próximo fica em evidência. O conhecimento de que toda a humanidade pertence à família de um Deus é consolador e proporciona um caminho a seguir de volta a Ele.

Advertisement

4. Solidariedade

Em um lar onde o próximo é amado e respeitado a solidariedade fica presente mesmo quando os integrantes estão fora dos muros da residência.

5. Intelectualidade

O incentivo que as religiões promovem para o estudo e aprimoramento pessoal tornam as pessoas que possuem uma religião ativa no lar mais sábias e conhecedoras de assuntos diversificados.

6. Musicalidade

Religiões promovem ensinamentos através do canto. O ritmo, a melodia e a letra estimulam o indivíduo a ser melhor, além de aprimorar o gosto musical. Muitas religiões incentivam seus praticantes a aprenderem instrumentos musicais e este conhecimento amplia a inteligência e a agilidade.

7. Sociabilidade

A frequência religiosa promove maior sociabilidade. A liderança pode ser desenvolvida através de atos religiosos regulares e pontuais.

8. Prosperidade

Ao aprender princípios sábios e rever exemplos de sucesso compartilhados pela religião, a busca pelos objetivos se torna mais intensa e o sucesso é mais fácil de ser alcançado.

9. Transcendentalidade

Pessoas que crescem com religião em seu lar entendem que o universo é muito mais amplo que apenas seu próprio mundo.

10. Humanidade

Todos os conceitos aprendidos e colocados em prática tornam a pessoa mais humana, empática, que sabe perdoar e se desculpar por seus próprios erros.

Um lar, com ensino religioso frequente, trará benefícios imensos para os indivíduos que têm o privilégio de estar ali presentes e para a sociedade em geral.

Toma un momento para compartir …

Michele Coronetti

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.