Dormir na mesma cama que seu marido pode estar prejudicando seu casamento

Isso muda tudo.


David Snell

Quando pensa em um casal casado que dorme em camas separadas você provavelmente irá tirar conclusões bem negativas. Talvez ele tenha se esquecido do aniversário dela, disse algo ofensivo ou apenas comeu repolho com ovo no jantar. Se ele foi mandado para a casinha do cachorro, dever ter um motivo, não é?

Bem, isso não é totalmente verdadeiro. Um estudo feito pela Universidade Ryerson em Toronto, no Canadá, revela que cerca de 35% dos casais não dormem na mesma cama. Colleen Carney é a autora do estudo e diz que dormir em camas separadas realmente exerce um efeito positivo sobre o relacionamento.

O que dormir na mesma cama faz com o seu cérebro

Colleen realizou um escaneamento no cérebro dos participantes do estudo e descobriu que os casais que dormiam na mesma cama tinham um sono muito menos profundo do que os casais que dormiam em camas separadas. Isso se deve ao fato de que, quando dormem juntos, há uma chance maior de que vocês acordem um ao outro acidentalmente durante toda a noite. É uma péssima notícia. A falta de sono profundo o afeta negativamente quando você está acordado (um sistema imunológico mais fraco, cansaço ou, até mesmo, depressão).

Pesquisas adicionais sugerem (não surpreendentemente) que a falta de sono compromete sua capacidade de resolver conflitos com seu cônjuge, fazendo com que seu casamento saia muito mais prejudicado.

A ciência é excelente, mas vamos a um nível mais pessoal

Para mim, estava tudo muito bem e bom pesquisar este assunto, mas eu queria encontrar alguém que vivesse essa realidade. Foi mais fácil do que eu imaginava. Na verdade, minha prima Jillian Schults faz parte desses 35% que não dormem com o marido. Na verdade, eles geralmente nem dormem no mesmo quarto. Aqui está o que ela me contou sobre sua experiência:

“Assim que começamos a dormir em camas separadas, a nossa qualidade de sono melhorou DRASTICAMENTE. Pensei que isso estava apenas me afetando porque eu estava grávida, mas sem eu rolando na cama e incomodando meu marido o tempo todo, ele também dormiu melhor. Soubemos rapidamente que foi uma ótima escolha, porque o humor de ambos mudou e nos tornamos mais capazes de cumprir nossas tarefas diárias e ficarmos felizes com isso, porque… Dã… Estávamos realmente dormindo à noite. Na verdade, nós gostamos tanto, que vamos dormir em barracas separadas este ano quando formos acampar”, disse ela.

Outra parte dos 35%, Jenny Bybee, compartilhou uma experiência similar. Ela já está casada há quase 22 anos. Ela e o marido têm dormido em camas separadas há mais de uma década. Aqui está o motivo:

Advertisement

“Nós temos horários totalmente diferentes – eu vou cedo para a cama, acordo cedo e ele, mais tarde. Eu gosto do quarto frio e escuro, com um leve ruído de fundo. Ele gosta de calor e silêncio. Se eu não estivesse dormindo quando ele vinha para a cama, levaria uma eternidade para eu pegar no sono, já que ele começa a roncar”, disse ela.

Começou como um acordo provisório de dormirem separados depois de seu marido ter ficado doente – mas, depois do que ela chama de “as melhores semanas de sono que tivemos depois de ter filhos”, eles não voltaram mais atrás.

“Nós dois dormimos muito melhor agora porque não precisamos nos preocupar em incomodar o outro… Eu não percebi que estava guardando raiva por ele me manter acordada, então, fiquei muito mais feliz e mais gentil com ele… Ambos concordamos que foi a melhor decisão que já tomamos e isso ajudou nosso relacionamento, na verdade, a se tornar melhor”, disse ela.

Aos 65% que dormem juntos

Muitos casais não têm problemas para dormir juntos. Se essa é a sua realidade, ótimo. Fico feliz que esteja funcionando para você. Durma. Mas, se você está ficando impaciente, irritada ou simplesmente zangada com seu cônjuge durante o dia, pode valer a pena fazer um esforço e dar uma chance à opção de dormirem em camas separadas.

Depois, conte-nos como foi

Traduzido e adaptado por Erika Strassburger do original Sleeping in the same bed as your husband could be hurting your marriage

Toma un momento para compartir …

David Snell

David Snell is full of himself but hides it really well. He studies journalism at Brigham Young University and spends whatever free time he has sleeping, thinking up doomed kickstarter ideas and being Batman. Contact him at