Dormir brigado é ruim ou bom para o relacionamento? Especialistas explicam

As discussões e brigas em um relacionamento acontecem, mas resolvê-las antes de dormir é o mais recomendado.


Renata Finholdt

Brigas acontecem em todo relacionamento, afinal de contas, trata-se de duas pessoas vindas de criações diferentes, com pensamentos e convicções diferentes, que estão vivendo juntas e formando uma nova família.

Normalmente, desentendimentos entre o casal acontecem – entre os motivos mais comuns – pela falta de comunicação entre eles, ou ainda por ciúmes, questões financeiras e tantos outros, porém, toda essa discussão precisa ser resolvida antes de que o casal vá dormir, segundo especialistas.

Por que não dormir brigado?

Quando alguma discussão não é resolvida e vocês tentam levar uma vida normal, dia após dia, sem se falarem e definitivamente resolverem a questão, a raiva, a mágoa e o ressentimento acabam por tomar conta da relação e esse pode ser um grande veneno para o relacionamento de vocês.

Nenhuma briga ou discussão que distancie vocês deve ser deixada para trás sem solução. Não é necessário achar um culpado ou determinar o errado, mas ambos precisam aprender com aquela nova situação e terem a disposição para ceder ao que há de mais importante entre vocês, o amor.

Como resolver uma briga entre o casal?

Psicólogos afirmam que quando o desentendimento se dá por pequenos motivos, o melhor a se fazer é buscar, de cabeça fria, poucas horas depois, conversar sobre o assunto – sem buscar culpados ou tentar modificar a essência do outro – apenas resolvendo a questão em si.

Já quando a questão for mais crítica e grave e as conversas não mais resolverem a situação, talvez seja necessário uma terapia entre casais, tão comum entre psicólogos e terapeutas. O foco é resolver a situação e preservar o amor que uniu o casal.

Em ambos os casos, deixar que os dias passem sem que se resolva o motivo da discussão não colabora em nada para a solução do problema, muito pelo contrário, apenas ajuda a criar novos sentimentos que podem destruir o casal.

Advertisement

Deixar o orgulho de lado e buscar resolver a situação junto ao cônjuge, ao contrário do que se pareça, não é um sinal de fraqueza, mas uma atitude correta para manter o relacionamento.

Quando as brigas ou discussões acontecerem, lembrem-se do real motivo que os uniu e tentem resolver rapidamente para que voltem à paz em seu relacionamento. Vale a pena pensar em criar uma meta do casal de nunca dormirem brigados, assim ambos trabalham a favor da relação.

Toma un momento para compartir …

Renata Finholdt

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.