Diga não aos vícios: Preservando o tempo em família

Podemos preservar nosso tempo com a família vivendo de forma equilibrada. A ênfase nas cinco áreas de prioridade faz com que esse objetivo seja alcançado eliminando toda e qualquer forma de vício.


Sandro A Correa

Administrar o tempo com sensatez e saber como usá-lo de forma equilibrada tem sido um dos maiores desafios e dificuldades com que as famílias se deparam hoje. É comum observarmos cada vez mais homens e mulheres mergulhados em maus hábitos que transformam sua vida familiar num verdadeiro caos de infelicidade.

Viver de forma equilibrada significa dividir o tempo para a família, o trabalho, entretenimentos salutares, atividades religiosas, além de uma reserva de espaço individual para reposição da saúde mental, física, espiritual e aquisição intelectual. Qualquer uma dessas áreas que esteja em desequilíbrio pode afetar toda uma estrutura familiar provocando um desgaste e consequentemente a dissolução da instituição.

O vício furta a liberdade individual e na maioria das vezes afeta aqueles que convivem ao lado, transforma-se numa doença que precisa ser tratada com muita paciência, compreensão, auxílio profissional e amor à pessoa envolvida. Inúmeros podem ser os vícios, e a melhor forma de evitar entrar nesse caminho obscuro é a prevenção. Você tem o poder da palavra, diga “NÃO”.

Entre os vícios mais comuns encontramos:

  • Drogas ilícitas, bebidas alcoólicas e cigarro continuam devastando famílias por toda a parte do mundo.

  • Pornografia leva o indivíduo à prática da imoralidade e do abuso sexual, pedofilia, adultério, aborto e outras aflições do gênero.

  • Jogos de azar têm o poder de descapitalização podendo levar uma família à falência.

    Advertisement
  • Compras compulsivas podem gerar dívidas financeiras inesgotáveis.

  • A Internet e o uso inadequado das mídias sociais já levaram muitos casamentos ao divórcio.

  • Trabalho. Pessoas viciadas em trabalho deixam de acompanhar seus filhos na educação e esfriam o relacionamento com seu cônjuge.

  • A alimentação não saudável e em excesso têm sido a causa de várias doenças ceifando vidas antes do tempo.

  • Esporte e jogos virtuais podem causar o afastamento do convívio familiar.

  • Supervalorização de bens materiais provocam ciúmes e até mesmo agressões verbais e físicas.

  • Dietas e atividades físicas exageradas comprometem a saúde provocando anorexia e vigorexia.

O propósito deste artigo não é esmiuçar os principais vícios e suas causas, mas sim orientar que os vícios escravizam e roubam a maior parte do tempo precioso que poderíamos passar com nossa família, e determinar que todo hábito em excesso, a ponto de fazer o indivíduo perder totalmente o poder de decisão, escolha e controle de si, que o impeça de conviver socialmente, levando-o a pensamentos de que não pode perder aquilo que lhe dá mais prazer fazendo com que esse hábito seja prioridade em sua vida, acaba por transformar-se num vício.

O que fazer para preservar o tempo com a família e evitar a cilada de transformar um hábito num vício? Equilibre seu tempo e dê prioridade ás seguintes áreas de importância significativa:

1. Trabalho

Dedicação exclusiva no trabalho é importante? Sim, com certeza, é necessário fazer o máximo para superar as expectativas da empresa, mas dentro do horário estipulado para a realização das tarefas. Fazer aquilo que gosta e transformar o trabalho em sua casa realizando inúmeras horas extras não o fará mais feliz com sua família.

Advertisement

2. Momento somente seu

Encontre tempo para si mesmo, tempo para diversão, tempo para reflexão e cuidados pessoais. Muitas vezes, esquecemo-nos de nós. Porém, saiba equilibrar esse tempo para não se tornar demasiadamente longo afetando o relacionamento.

3. Entretenimentos salutares

São várias as atividades que podem ser realizadas com sua família, encontrem aquelas que são de suas preferências.

4. Atividades religiosas

A adoração a um ser superior sempre fez parte da sociedade, os ensinamentos encontrados na Bíblia dão prioridade em servir a Deus e obedecer a Seus mandamentos. As famílias fazem parte dos Seus ensinamentos, e juntas, elas podem encontrar paz e felicidade duradoura em suas vidas. As atividades religiosas são uma grande oportunidade de passar mais tempo com a família.

5. Família

Podemos reservar um momento especial ou um dia da semana em que todos os membros da família possam se reunir para compartilhar boas experiências. O lar precisa ser o melhor lugar para se estar.

Quentim L. Cook afirmou que “As pessoas podem ficar escravizadas ou colocar-se em cativeiro não apenas em relação a substâncias prejudiciais que viciam, mas também a filosofias prejudiciais que criam dependência e nos afastam do viver reto.”

O oposto do vício é a virtude. A maior parte de nosso tempo é dedicada ao trabalho. Observar melhor essas cinco áreas de prioridade possibilita notar que o equilíbrio faz com que o tempo com a família seja preservado e, consequentemente, o vício não estará dentro desse contexto, e a virtude tomará conta do lar.

Toma un momento para compartir …

Sandro A Correa

Sandro A Correa é graduado em Farmácia, pós-graduado em Fisiologia - UEL e Empresário do ramo de seguros. Natural de SCS - São Paulo; Casado, pai de dois filhos, tem como hobby a prática do tênis.