Como tratar uma pessoa autista

Uma criança resume em 5 passos tudo o que realmente importa ao lidar com o autismo.


Marilia de Andrade Conde Aguilar

O autismo é um transtorno do desenvolvimento que afeta aproximadamente 1 em cada 80 crianças, segundo pesquisas norte-americanas.

Esse transtorno possui um espectro de manifestações muito amplo, que vai dos casos mais severos até os tão leves que podem passar despercebidos.

Amo a pureza das crianças e a simplicidade com que eles lidam com qualquer situação!

Nesse vídeo, o pequeno Otávio resume tudo o que é realmente importante ao lidar com uma pessoa autista:

1. Encher o coração de amor!

2. Não é preciso se afastar

3. Evitar ficar encarando ou olhando diferente (afinal, ninguém gosta disso)

4. Não há necessidade de lidar com ela com um cuidado exagerado

5. Entender que essa pessoa ama e tem um jeitinho muito próprio de demonstrar afeição

Cada pessoa, independente de ter autismo ou não, é um ser único com suas preferências, gostos e habilidades.

A partir do momento em que soubermos olhar para o que é diferente com uma perspectiva de amor, tudo fica diferente!

Nossa paciência e capacidade de compreender (e consequentemente de ajudar!) serão incrivelmente aumentadas.

Advertisement

Apesar das dificuldades de socialização características do autismo, você poderá se surpreender com a capacidade que essas pessoas possuem de amar e demonstrar amor. Um amor puro e sincero, como poucos no mundo, elas são capazes de expressar com tanta profundidade.

Sou muito grata a Deus por minha vida ser iluminada com uma estrelinha azul!

Toma un momento para compartir …

Marilia de Andrade Conde Aguilar

Marilia Condé Aguilar é advogada, escritora, esposa e mãe. Adora pesquisar e está sempre em busca de soluções práticas para ajudá-la a equilibrar suas responsabilidades familiares e profissionais.