Como se livrar de sentimentos autodestrutivos

Veja dicas para se livrar dos sentimentos autodestrutivos e ter uma vida mais harmônica.


Lidiane Franqui

A vida é cheia de desafios para a maioria das pessoas. Isso é uma grande verdade e alimentar a ilusão de que a vida é bela não é benéfico para ninguém. Sim, existem problemas, tragédias, desilusões e fracassos, mas não podemos permitir que os sentimentos causados por essas ocorrências se instalem em nós e nos prejudiquem.

Sentimentos autodestrutivos são todos aqueles que nos fazem mal, que proporcionam sensação de mal-estar físico e psicológico. Emoções como tristeza, culpa, inveja, maledicência, orgulho e melancolia são apenas algumas emoções que podem destruir a vida de uma pessoa e de quem a rodeia.

Os sentimentos autodestrutivos podem se apresentar de diversas formas, inclusive de forma inconsciente. Eles podem ser direcionados a referenciais externos e também a internos. Por exemplo, a inveja é um sentimento autodestrutivo, mas seu referencial é externo. A culpa já atua de forma interna, pois está direcionada para a própria pessoa. Ambos são terríveis, mas têm solução. Em alguns casos basta querer mudar e ter muita força de vontade. Em outros é necessário um acompanhamento profissional. Abaixo veja como se livrar desses sentimentos e quais as consequências deles na vida de uma pessoa.

Evite pensamentos negativos

O pensamento negativo é extremamente prejudicial e alimentar esse tipo de pensamento faz com que os sentimentos se instalem. Antes de tudo é preciso substituir os pensamentos negativos por positivos e trabalhar a emoção para que os sentimentos autodestrutivos não encontrem sintonia e se instalem.

Ocupe o tempo

A mente vazia é morada de diversos sentimentos ruins. Pratique atividades físicas, saia com os amigos, tenha um hobby, enfim, ocupe o tempo com atividades agradáveis.

Converse com alguém

Seja com um profissional ou com um amigo, conversar ajudar a entender melhor o que acontece. Sempre que se sentir dominado por sentimentos autodestrutivos e pensamentos ruins, procure alguém de confiança e peça ajuda. Mas lembre-se que a atitude é fundamental para sair dessa situação. Conversar ajuda a encontrar soluções e a refletir sobre o assunto. Após isso, tome atitudes!

Procure amparo espiritual

Seja qual for sua religião, busque nela amparo e força para se livrar dos sentimentos destrutivos. O evangelho de Jesus também é um ótimo aliado, pois nos ajuda a entender o verdadeiro amor e este, quando aplicado, afasta todo o mal que possa nos perseguir.

Advertisement

Enfim, mudar hábitos não é tarefa fácil e quando se trata de sentimentos a situação é ainda mais delicada. Mas para conseguir isso é necessária muita força de vontade e também persistência.

Toma un momento para compartir …

Lidiane Franqui

Lidiane Franqui é autora e criadora do Blog Lidiane Franqui e autora do livro "Ser feliz é possível". Ama escrever e acredita que a felicidade é construção de cada um.