Como fazer com que seu marido leve o lixo para fora sem você precisar pedir

Tarefas domésticas existem e precisam ser realizadas. E quando são feitas a dois, sobra mais tempo para namorar.


Michele Coronetti

As mulheres passam por alguns desafios na vida. E um deles é, sem dúvida, convencer os maridos a ajudarem em casa. Talvez pela maneira como foram educados ou simplesmente por acharem que a esposa dá conta de fazer tudo, eles não se intrometem da administração física do lar e dos filhos. Afinal, na visão da maior parte dos homens brasileiros, lavar, passar, trocar fraldas, fazer comida e outras tarefas domésticas não tem muito a ver com masculinidade.

Isso acaba se tornando um problema familiar e reflete diretamente no relacionamento do casal. As mulheres trabalham fora e acumulam as tarefas domésticas, e mesmo as que só ficam em casa, o trabalho não é nada fácil e exige muito tempo e disponibilidade. O casal precisa entender que ambos têm responsabilidades no lar e com os filhos e que este tipo de atuação não é exclusividade do sexo feminino.

Estas atitudes ajudam as esposas a convencer seus maridos a ajudar mais em casa:

1. Paciência

Este item com certeza é um dos mais difíceis, mas se a esposa fica só reclamando e brigando, o marido não terá o desejo de fazer nada. Ele pensará que tem uma mãe em casa e não uma esposa. Parar com as reclamações é um passo muito importante e fundamental para que ele ajude sem que seja necessário pedir.

2. Conversar a respeito

Cada pessoa tem um jeito de viver e realizar as tarefas. Conversar calmamente sobre as coisas a serem feitas, sem acusações ou ironias, e o que cada um pode fazer para ajudar, é interessante para estabelecer regras e rotinas. Escrever as tarefas em um papel, dividindo-as entre os dois, organiza mais ainda a vida familiar. Equilibrar as designações conforme o tempo e experiência de cada um ajuda a manter o ambiente agradável.

3. Cansaço

A forma como a esposa lida com seu próprio cansaço muda a visão do marido. Se ela chega em casa reclamando que está exausta e ainda tem que fazer o jantar, ele vai agir da mesma forma e acabará não realizando suas tarefas. Driblar a fadiga, estar sempre bem-humorada e disposta, mesmo que cansada, servirá de exemplo e ele tentará ser como você, chegando e realizando logo seus afazeres.

4. Recepção

Caso a esposa esteja em casa quando o marido chegar, recepcioná-lo agradavelmente com um sorriso e um beijo fará uma grande diferença. Nada de bufar por causa do excesso de trabalho e lhe dizer: O lixo está lhe esperando.

Advertisement

5. Sem pressionar

Cada um tem seu tempo e se o marido vai lavar a louça depois do jogo de futebol não tem problema algum. Afinal, a divisão de tarefas já foi previamente combinada e cada um é responsável pelas suas. Ficar nervosa, perguntar se ele não vai lavar a louça, ou ir lavar no lugar dele não ajudará em nada.

6. Amor

Lembrar do amor que uniu o casal, agradecer pelas tarefas que ele faz e pela ajuda com outras coisas também melhora a atuação dele no lar. Elogiar o que ele tem feito ou se ele encontrar uma maneira melhor de realizar algo também demonstra amor. Aprender com ele, ajudar quando necessário e ensinar com carinho. Ser rude cobrando ou mandando somente afastará o desejo de ajudar. Afinal, vocês são parceiros e não subordinados um do outro.

Ao agir desta forma, maridos mudarão, esposas não ficarão tão sobrecarregadas, ambos serão felizes e terão mais tempo para curtir um ao outro.

Leia: A deusa do lar no trabalho: Como dirigir uma casa com sucesso

Toma un momento para compartir …

Michele Coronetti

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.