Carta para a mãe sentada à minha frente

Mãe que segura o bebê à minha frente: Nós não nos conhecemos, mas eu sei bem o que você está pensando.


Tove Maren

_Este artigo foi publicado originalmente no blog Mama In The Now e republicado aqui com permissão da autora Tove Maren. Traduzido e adaptado por Sarah Pierina.

Cara mãe sentada à minha frente,

Eu sei que não nos conhecemos oficialmente antes, mas posso dizer com segurança que já lhe conheço bem.

Nossos caminhos podem nunca se cruzar fora dessas paredes. Nós vivemos vidas diferentes, até falamos línguas diferentes – mas aqui, nada disso importa. Aqui, nós falamos a mesma língua e temos os mesmos objetivos. Para nós “ecografia, cateterismo, pressão, ventrículo esquerdo, IECAs e bloqueador beta-adrenérgico” são apenas algumas das palavras que nós compartilhamos todos os dias.

Podemos conversar sobre esses termos por horas, usando-os como profissionais. Pode ser que não entendamos completamente o que eles significam, mas sabemos o que eles significam para nós – sabemos como eles afetam nosso mundo. Esperamos sair daqui hoje tendo ouvido a palavra “inalterada” ou “normal” ou “melhorada” – estamos ambas esperando pelos mesmos resultados e respostas. Nossos caminhos se cruzaram hoje e por um momento nossas vidas são semelhantes – quase idênticas.

Você mal olhou quando eu me sentei, as coisas ao seu redor não importam agora – tudo que importa é seu companheiro – seu filho – ele é seu mundo. Eu me sento, concentrada em meu companheiro, meu filho – porque ele é meu mundo. Juntas, nós duas, duas mães preocupadas, nos sentamos…, segurando nossos bebês, agarrando-nos à esperança, milagres e oração. O quarto é cinza, monótono e esterilizado. Esse não é um lugar que você esperaria encontrar espiritualidade, porém a presença de um Poder Maior pode ser sentida no momento que você entra na sala. Deus, Jeová, Allah – como quer que você o chame – sua presença pode ser sentida em cada canto, em cada cadeira fria de metal, sobre todo o ambiente. Todos aqui estão rogando pelo Poder Maior e todos os pedidos são os mesmos – mesmo que as línguas variem e os nomes sejam diferentes – a mensagem não muda: “Por favor, fique conosco. Permita que recebamos boas notícias”. Ninguém nessa sala quer trilhar essa jornada sozinho, mas com seu Poder Maior junto de si, eles se sentem fortalecidos e encorajados.

Mãe, eu vejo seus olhos cansados. Eu sei que você não conseguiu dormir a noite passada e talvez a noite anterior a ela. Você parece desgastada, assustada, cansada e desanimada – mas quando seus olhos se voltam para o ser que está em seus braços há um vislumbre de esperança. Eu vejo você olhando para seu bebê, e eu sei que seus pensamentos são sobre o futuro dele, imaginando o que o futuro aguarda para ele. Você rapidamente controla seus pensamentos, levanta a cabeça e sorri cautelosamente para mim. Eu posso dizer que você fez um esforço extra para se arrumar hoje. Suas roupas, cabelo e maquiagem foram todos escolhidos pensando que hoje pode ser o dia em que sua vida irá mudar. Você está usando maquiagem, mas não muita – caso haja uma razão para chorar incontrolavelmente. Suas roupas combinam perfeitamente e você tem uma boa aparência, mesmo assim as roupas são confortáveis – caso você tenha que ficar aqui por algum tempo – dias, talvez até semanas. Seu cabelo está bem feito – mas está casual o suficiente para resistir por alguns dias.

Advertisement

Sua bolsa é bem grande. Eu aposto que essa não é sua bolsa de todos os dias. Essa é sua bolsa do “e se” ou “no caso de”. Essa é a bolsa que você tem organizada dessa maneira por algum tempo. Dentro dela está um carregador extra para o celular, uma troca de roupas para você e outra para seu bebê, e um pouco de dinheiro. No fundo da bolsa bem no canto está uma escova de cabelo velha e a escova de dente que seu dentista lhe deu depois de sua última consulta. Essa é a sua bolsa que normalmente fica perto da porta da frente de sua casa – pronta para entrar em ação quando necessário. Essa é a sua bolsa da “pior das hipóteses”. Mas se ela nunca for usada, se as roupas guardadas para seu bebê pararem de servir antes que ele precise delas – então você é abençoada – porque isso significa que “inalterada” ou “normal” ou “melhorada” agora também fazem parte do seu vocabulário.

Querida mãe sentada à minha frente. Eu acrescentarei você em minhas orações se você também orar por mim. Juntas nós nos sentaremos aqui em silêncio e oraremos pela saúde de nossos filhos. Pode ser que compartilhemos somente sorrisos tímidos e cautelosos, mas por dentro – nos nossos corações, compartilhamos essa jornada. Eu desejo a você uma situação “inalterada” ou até “normal” ou “melhorada” – nessa visita e em todas as outras no futuro. Obrigada por me fazer sentir menos sozinha hoje – obrigada por compartilhar sua história através de um simples sorriso.

Sinceramente,

Mãe sentada à sua frente.

Toma un momento para compartir …

Tove Maren

Hejsa! I am a Danish American mama to four boys! I report live from the trenches of motherhood, surrounded by life, love, laughter and lots of Legos!