As 5 maiores discussões que casais têm perto do final de ano

Manter o relacionamento do casal mesmo a todo estresse de final de ano só fará bem. Saiba como evitar as maiores discussões desta época.


Michele Coronetti

É sempre assim. O final de ano vai chegando, as festas se aproximando e casais enfrentam as mesmas crises. O estresse aumentado por todos os compromissos deixa as pessoas muito mais sensíveis e menos tolerantes.

É muito fácil perceber isso em uma caminhada mesmo nos primeiros dias de dezembro. O trânsito fica muito pior, as lojas lotadas, as pessoas com muita pressa e com menos paciência, vendedores ávidos, excesso de propagandas e informação.

Com todo este cenário, mesmo nos agradáveis momentos aguardados em família, situações podem se transformar em discussão desagradável e inconveniente para a época que se propaga paz entre os homens, amor ao próximo e glórias ao aniversariante homenageado.

Segundo especialistas, estas são as principais discussões que acontecem na época festiva de final de ano entre os casais.

1. Situação na casa dos sogros

A cena é muito comum, a família fica reunida e um dos sogros se lembra de um fato ou história do genro ou nora, tecendo algum comentário que pode ser mal interpretado ou que realmente foi planejado para alfinetar. O sentimento de mal-estar será instalado e dependendo do que o cônjuge disser em seguida poderá salvar a situação ou terminar o resto da noite dormindo no sofá em sua casa. O melhor, sem dúvida, é mostrar na frente de todos o apoio ao cônjuge, independentemente da posição dos pais. Defender o cônjuge nesta e em outras situações constrangedoras em frente à família manterá o relacionamento do casal intacto, apesar do incômodo pelos comentários.

2. Presentes

Normalmente um dos cônjuges aprecia e aguarda ansiosamente um belo presente enquanto o outro nunca sabe o que comprar e acaba partindo para o mais assertivo, tipo um cartão-presente. Essa situação pode estar ocorrendo há algum tempo e o cônjuge presenteado pode iniciar uma discussão, carregando todas as decepções dos natais passados. Para evitar que isso ocorra desta vez, conversar sinceramente e com muita calma pode ajudar a abrir os olhos do cônjuge e mostrar que o presente tem um significado muito maior do que simplesmente um valor a ser entregue, que é algo pessoal e repleto de carinho. E aguardar para que no próximo ano ele se lembre dos conselhos.

3. Gastos excessivos

É perfeitamente admissível que o final de ano exija gastos a mais. Porém, o cuidado com as finanças não pode deixar de existir, apesar do 13º salário. E quando um dos cônjuges verificar que o outro está extrapolando será mais um grande motivo para discussão. Para evitar, o casal deve manter as finanças cuidadosamente equilibradas, seguindo o planejamento e mantendo o controle. Todos os gastos devem estar em consenso comum e quanto aos presentes ofertados um ao outro, também deve ser de acordo com suas posses. O número de divórcios no mês de janeiro é muito maior que nos outros meses do ano. Provavelmente seja reflexo de todas as decepções e problemas financeiros acumulados no final de ano.

Advertisement

4. Tradições diferentes

Enquanto o Natal na casa de um dos cônjuges na época de solteiro era repleto de tradições e rituais, para o outro não existia diferença de um outro dia comum. Ou a religião de cada um deles comemora de maneira diferente estas festas de final de ano. Isso pode se tornar em um problema muito sério e as discussões acabarem com as festividades. O casal pode conversar antes sobre o assunto e combinar como farão, encontrando um equilíbrio. Participar de maneiras diferentes que as tradicionais pode ser divertido e cultural.

5. Esgotamento

As festas de fim de ano normalmente acompanham muito estresse e correria. Isso pode deixar um dos cônjuges ou ambos esgotados física e psicologicamente. Pausas serão necessárias para um ou ambos e deve ser entendida e respeitada a fim de evitar discussões e prejudicar o bom sentimento da época.

O amor e respeito, além de muito controle pessoal, apesar de toda a pressão que o final de ano sempre oferece manterá o relacionamento forte, sem desavenças e pronto para saborear as surpresas agradáveis destas festas que ocorrem só uma vez ao ano.

Toma un momento para compartir …

Michele Coronetti

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.