As 4 qualidades de um bom marido cristão

Você é um bom marido cristão?


Karin Cristina Guedes de Oliveira

Ser cristão é seguir o exemplo de Jesus, O Cristo. Homens e mulheres que conhecem e vivem essa filosofia e crença sabem quais princípios devem aplicar em suas vidas.

Um casamento baseado nesses princípios terá maiores chances de alcançar o sucesso. Para tanto, ambos precisam se esforçar e aplicar tais ensinamentos.

Os maridos cristãos possuem características próprias que colaboraram no processo de construção de um casamento de sucesso.

1. Trata bem sua esposa

“Vós, maridos, amai vossa mulher, e não vos irriteis contra ela.” Colossenses 3:19

Amar é cuidar, zelar, tratar bem e mais algumas coisas. Não tem como amar e não tratar bem. Não irrita, não provoca, não desperta insegurança. Mas, principalmente, é amável com sua esposa, a trata bem, com carinho. Lembra das datas comemorativas, porém, muito mais importante, constrói um dia a dia de amor e afeto. Um lar amoroso e repleto de paz.

2. É paciente

“…Segue a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão.” 1 Timóteo 6:11

Todos esses adjetivos derivam da paciência. Um esposo cristão que se preze e se preocupa em seguir o mandamento do Pai Eterno segue essa orientação. Age com justiça reconhecendo quando erra, é piedoso auxiliando os demais, é paciente e manso, em especial quando sua paciência é posta à prova. Mesmo quando parece dar errado, ele age com mansidão.

Advertisement

3. É fiel

“O coração do seu marido está nela tão confiante que despojo não lhe faltará.” Provérbios 31:11

Nessa escritura, temos a lista de qualidades da mulher virtuosa, segundo uma mãe amada que aconselhou seu filho, o Rei Lemoel. Nesse versículo, identificamos onde está o coração do esposo: em sua esposa. Há outras escrituras que dizem “homem de uma só mulher”, “casado com uma esposa”. A fidelidade é primordial para o sucesso de um casamento cristão. Considerando ainda que o adultério é considerado pecado aos olhos de Deus, um bom marido cristão compreende a importância da fidelidade e a pratica.

4. Cuida bem do lar

“Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia.” 1 Timóteo 3:4

Ele governa e não ajuda sua esposa. Sabemos que cada cônjuge tem seu papel no lar e no casamento. Atualmente muito se discute a fim de desconstruir a ideia de que o homem deve “ajudar” sua esposa. Na Bíblia, escrita há tantos anos, já se tem essa premissa de que o homem governa sua casa, orienta seus filhos com modéstia, com carinho, sem agressividade. Governa, porém ninguém governa sozinho, o que indica que ambos os cônjuges têm a mesma importância na liderança do lar. E o homem sábio, governante, compreende isso e age com modéstia.

Toma un momento para compartir …

Karin Cristina Guedes de Oliveira

Karin Cristina é pedagoga, mãe e esposa. Apaixonada pelo ser humano, acredita que o conhecimento é capaz de mudar a humanidade e a leitura é o caminho.