Aprendendo a dizer NÃO a um amante em potencial

A decisão de dizer Não a infidelidade deve ter sido tomada no momento em que se disse o Sim na cerimônia de casamento.


Beth Proenca Bonilha

Quando se é jovem é natural estar atento aos rapazes e moças que passam ou que são apresentados, mas quando se tem um relacionamento sério ou principalmente um casamento é o momento de mudar de atitude e ter olhos somente para a pessoa com quem se está.

Conta-se a história de três homens que concorriam a uma vaga de emprego como motoristas em uma empresa e os três se mostravam muito experientes e competentes. O entrevistador estava em dúvida qual deveria contratar e levou a questão a seu patrão.

Este conversou individualmente com cada homem e fez a mesma pergunta a cada um deles:

“Você aceitaria a ordem de levar uma carga importante por um caminho mais curto onde a estrada seria cheia de curvas e tendo um grande precipício em um dos lados e do outro um grande paredão de pedras?”

O primeiro homem disse que com sua experiência poderia fazer o trajeto em alta velocidade e até mesmo passar a milímetros do penhasco com a certeza que conseguiria manter-se seguro na direção.

O segundo homem disse que não tinha problema algum, pois era o tipo de motorista que gostava de viver perigosamente e faria o trajeto se arriscando entre o penhasco e o paredão para aproveitar e curtir a emoção do momento e que ainda conseguiria manter o carro em segurança.

O terceiro homem imediatamente disse que não poderia se arriscar e para cumprir com a tarefa de levar a carga importante com segurança teria que escolher outro caminho, mesmo que fosse mais longo e que demorasse mais do que o normal, mesmo assim teria que dirigir com todo cuidado. E se não houvesse outro caminho faria o trajeto devagar ficando o mais longe possível do penhasco e do paredão.

Advertisement

O patrão contratou o terceiro homem, por perceber que já tinha definido em seu caráter a responsabilidade de, ao assumir um compromisso, não colocar em risco seu patrimônio fazendo o trajeto com emoções desnecessárias ou se arriscando no penhasco.

Assim acontece com o relacionamento entre duas pessoas. Ao assumir o compromisso com uma pessoa é preciso tomar algumas decisões antes mesmo que elas se apresentem.

Como viver longe dos perigos da traição

Não se exponha-

evitar a exposição desnecessária a outras pessoas é um passo importante, ajudará a evitar que a atenção de alguém se volte a você e crie expectativas que possam colocar em risco o relacionamento já assumido.

Aprenda a dizer não-

quando perceber que alguém está se insinuando ou provocando situações para chamar sua atenção ou mesmo declarar suas intenções, não tenha dúvida e enfrente a situação com clareza e diga não.

Não para o assédio-

Não para convites para sair ou pegar carona. Não para ficar sozinhos e promover momentos de risco. Não para conversas que gerem mais interesse um pelo outro. Como o motorista que disse que não se arriscaria no penhasco por saber dos perigos. Os cônjuges devem ter a decisão de evitar qualquer tipo de situação que possa colocar em risco o compromisso que assumiram entre si.

A decisão de dizer Não para infidelidade deve ter sido tomada no momento em que se disse o Sim na cerimônia de casamento.

Toma un momento para compartir …

Beth Proenca Bonilha

Graduada em Administração de Empresas com MBA em Empreendedorismo. Casada mãe de 6 filhos, avó de 2 netos. Atua profissionalmente como Analista Instrutora da Educação Empreendedora no SEBRAE - SP. Como hobby gosta de artesanato, música e leitu