Alegria no coração: Mantendo uma perspectiva positiva perante a vida

“Existe muito pouca diferença entre as pessoas, mas essa diferença faz grande diferença. A pequena diferença é a atitude. A grande diferença é se esta é positiva ou negativa”.


Beth Proenca Bonilha

Conheço uma canção que diz: “A vida nesta terra não seria nem fácil, nem só feita de alegria (…). Levanta a cabeça, és filha de Deus. Sê forte e recorda quem tu és”.

Gosto de pensar que ao conhecer o plano de salvação podemos compreender os momentos de angústia e dor desta vida. E assim agir como diz a canção “Levanta a cabeça (…). Sê forte e recorda quem tu és” tendo atitudes positivas perante a vida.

Alegria no coração

Alegria no coração é um estado de espírito. A cada momento em nossa vida fazemos escolhas e com elas temos que lidar com as consequências, porém, em alguns momentos, faremos escolhas que não imaginávamos que nos trariam tristeza e dor ou ainda somos vítimas das escolhas de alguém.

Em qualquer das situações ainda podemos fazer nova escolha. Podemos nos jogar ao chão e ali permanecer lamentando-nos e permitindo que o desalento e mágoa nos consumam ou podemos reagir positivamente não valorizando a dor, mas buscando o bálsamo que irá nos aliviar e permitir que mantenhamos nossa cabeça erguida e nosso coração alegre.

Ser feliz é uma escolha, ninguém pode definir nosso estado de espírito, pois receberemos somente o que permitirmos que entre e permaneça em nós.

Perspectiva perante a vida

Primeiro gostaria de analisar a terminologia da palavra “Perspectiva” para podermos entender o que ela representa em nossa vida.

Segundo WikipédiaPerspectiva ou ponto de vista pode também ser chamado de uma visão de mundo com a qual um indíviduo, uma comunidade ou sociedade enxergam a si próprios em um dado momento de sua história, reunindo em si uma série de valores culturais e o conhecimento que foi acumulado, esperando por um resultado antecipadamente programado.

Advertisement

Assim, perspectiva perante a vida pode ser um grande desastre ou uma grande vitória. Vai depender de como estamos canalizando nossas perdas e ganhos, dores e alegrias.

Se determinarmos que iremos sempre agir com perspectiva positiva perante as situações que teremos que enfrentar, será mais fácil de superá-las e manter a alegria no coração.

Norman Vincent Peale

(escritor norte-americano) aconselha: “Torne-se um ‘possibilitário’. Não importa a dificuldade que as coisas aparentam ter ou que, de fato, possuam, eleve sua visão e veja possibilidades – sempre as veja, pois elas sempre existem”.

Peale nos aconselha a sermos autores de nossa vida, por isso ele diz que podemos ser “possibilitário”, ou seja, podemos possibilitar as coisas em nossa vida, não esperar que os outros o façam por nós. Nos momentos de pressão, obstáculos e desafios deveremos desenvolver a habilidade de ver a situação por mais de um prisma ou perspectiva. É um modo prático de reduzir as fontes que nos causam angústia e estresse na vida.

Se estiver em um espaço onde uma única fresta permite a entrada de luz iluminando somente uma parte dele o “possibilitário” irá concentrar-se nela de modo a valorizá-la mais do que o restante que permanece no escuro. Buscando encontrar meios para transformar a pequena fresta em oportunidade para iluminar todo o resto.

John Maxwell (autor cristão) diz: “Existe muito pouca diferença entre as pessoas, mas essa diferença faz grande diferença. A pequena diferença é a atitude. A grande diferença é se esta é positiva ou negativa”.

Toma un momento para compartir …

Beth Proenca Bonilha

Graduada em Administração de Empresas com MBA em Empreendedorismo. Casada mãe de 6 filhos, avó de 2 netos. Atua profissionalmente como Analista Instrutora da Educação Empreendedora no SEBRAE - SP. Como hobby gosta de artesanato, música e leitu