9 desejos mágicos das gestantes no último trimestre

Que os elementos mágicos se reúnam para atender estas mulheres grávidas!


Michele Coronetti

A gestação é um período emocionante e cheio de novidades, que acarreta muitos incômodos, especialmente nos 3 últimos meses. Os desejos de grávida comuns no início da gravidez acabam sendo deixados pra trás e a gestante se dá conta que algumas coisas simples que ela fazia antes só fará com certa dificuldade ou até desistirá. Eles acabam se tornando desejos importantes e ela começa a pensar que a fada madrinha ou o gênio da lâmpada poderiam existir de fato.

1. Cortar e pintar as unhas dos pés

Se torna praticamente impossível conforme a barriga vai crescendo. Ir ao pedicuro será outro tormento porque o tempo de espera e a incerteza do material podem desanimar a gestante. Será que alguém vai se lembrar de que essa tarefa importante não consegue ser realizada com uma barriga enorme na frente e se oferecer para ajudar?

2. Poder usar chinelos o tempo todo

Para realizar este desejo, uma intervenção mágica mantendo uma ilusão de ótica nas pessoas que olham para o pé da gestante vendo um belo sapato ao invés de um chinelo seria perfeita! Afinal, os chinelos são confortáveis e não precisam das mãos para ajudar a calçar.

3. Calças colocadas em um piscar de olhos

Quando a gestante piscar, a calça já foi colocada em seu corpo, sem ter que abaixar de lado ou torcer os braços e pernas em posições nada confortáveis para conseguir vestir a peça.

4. Ter um parto exatamente conforme o planejado

Não seria pedir muito para que acontecesse tudo de acordo com o planejado. Seria menos estressante, mais organizado e na data escolhida. Não haveria desconfortos ou percalços como a bolsa se romper em um supermercado.

5. Cabelos de grávida depois do parto

Seria perfeito manter a mesma textura, força e crescimento dos cabelos durante a gestação para o resto da vida.

6. Fechar a boca de algumas pessoas

Muitos comentários e até ordens são dados sem uma perguntinha sequer. Estrias, peso, quantidade de filhos anterior, parto normal ou cesariana, enfim, estas pessoas que gostam de palpitar sobre um filho que não vão ajudar a criar poderiam ter suas bocas fechadas por mágica. Melhor ainda se a boca só abrisse depois de algumas horas para que a lição fosse realmente aprendida.

Advertisement

7. Ficar em pé num estalo

Levantar da cama é algo que realmente exige planejamento e superação. Uma virada de lado, primeiro uma perna, apoiar o corpo com o cotovelo, enfim, seria muito mais fácil estalar os dedos e estar de pé. Levantar de sofás também fica incluso na lista. Assim alguém não precisa estender o braço e tentar puxar a gestante, correndo o risco dos dois voltarem ao ponto de partida.

8. Bexiga de maior capacidade e invisível

Ter de ir ao banheiro o tempo todo é muito desgastante. Principalmente quando a gestante está na rua. Uma bexiga que aguente pelo menos 4 horas está de bom tamanho. E que seja invisível para as pessoas que olham para a gestante, afinal a barriga da gestação já ocupa muito lugar no espaço.

9. Sono reparador

Que seja retirada a ansiedade do parto, diminuída a preocupação com todas as coisas a fazer antes do bebê nascer, que o calor seja amenizado, que seja encontrada uma posição confortável rapidamente e que os chutes e mexidas do bebê não atrapalhem o descanso. Ficará muito mais fácil suportar as noites maldormidas no pós-parto quando a gestante estiver muito bem descansada.

Toma un momento para compartir …

Michele Coronetti

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.