8 itens domésticos que estão deixando seus filhos doentes

Nossos olhos não conseguem ver alguns objetos que estão cheios de germes e bactérias - alguns deles estão muito próximos de nossos filhos!


Evelise Toporoski

É comum as crianças terem algum tipo de doença no início da vida, como virose, gripe ou alergia. Algumas vezes, estas doenças podem ser evitadas com a troca e limpeza constante de alguns utensílios domésticos, ou a utilização correta de produtos de limpeza.

Saiba quais são algumas delas:

1. Copinhos ou mamadeiras

O site da Unicef traz o alerta aos pais, principalmente para bebês que se alimentam diariamente pela mamadeira. “Bicos sujos podem causar doenças, como diarreia e infecções no ouvido. A diarreia pode ser fatal para bebês. A melhor maneira de evitar doenças é esterilizar mamadeiras e bicos antes de utilizá-los”, esclarece o site.

Você pode esterilizar deixando de molho na água quente por alguns minutos e depois limpando toda a mamadeira, principalmente pequenos espaços que podem acumular sujeira.

Mesmo depois que crescem, quando as crianças deixam a mamadeira e passam a utilizar um copo infantil com alças e bico, o cuidado com a limpeza precisa ser contínuo. Recentemente, alguns pais canadenses ficaram revoltados e denunciaram pelas redes sociais uma marca de produtos infantis que comercializa copos com uma válvula antiderramamento que acumulava mofo, sem a possibilidade de limpeza, a não ser que quebrassem a peça. “Meu amigo Simon O’kanada se perguntava por que seu filho estava sempre doente. Ele quebrou o protetor antiderramamento de sua garrafinha e descobriu mofo no interior do bocal”, conta uma das clientes.

Vários outros clientes também tiraram fotos de seus copos com o mofo que estava escondido e a marca se retratou pelas redes sociais e garantiu que estavam trabalhando no assunto.

Seja qual for a marca, lembre-se sempre de higienizar muito bem os copos utilizados pelas crianças.

Advertisement

2. Potes plásticos

Os potes plásticos são ótimos organizadores e úteis para guardar alimentos. Contudo, vários estudos mostram que os alimentos não devem ser aquecidos no micro-ondas com um pote plástico, senão, há o risco de soltar substâncias que têm efeitos cancerígenos, como o Bisfenol A e xenoestrogênio.

Prefira recipientes de cerâmica ou vidro para aquecer alimentos no micro-ondas.

3. Escova de dente

A escova de dente é uma grande aliada contra as cáries, mas como utilizamos com bastante frequência, precisa ser trocada regularmente, senão também pode fazer mal.

O dentista especializado em Prevenção em Odontologia, Henrique Luarte Dias, em entrevista ao site Terra, explica que se a escova não for bem lavada após o uso, traz novamente vários germes à boca, “podendo causar problemas na cavidade bucal como cárie, alterações gengivais e lesões na mucosa bucal e até problemas sistêmicos, como infecções e diarreias”.

Os dentistas recomendam que a escova de dente seja trocada a cada três meses.

4. Esponja de lavar louças

Às vezes, lavamos os utensílios domésticos com uma esponja que já está velha, mas ela pode estar mais suja que a própria louça! Por ser porosa e estar sempre úmida, a esponja acumula diversas bactérias e fungos, mesmo em uma semana de uso.

A dica para matar as bactérias é ferver a esponja em uma panela com água duas vezes por semana, por mais ou menos cinco minutos, ou deixar de molho em água sanitária por cerca de 15 minutos.

5. Maçanetas

Geralmente não damos muita atenção à limpeza das maçanetas, principalmente em lugares públicos. Já parou para pensar quantas pessoas passaram a mão no local? Em casa, trazemos esta sujeira da rua nas mãos. Por isso, quando fizer a faxina da casa, não esqueça de limpar todas as maçanetas também!

6. Alça da geladeira

Às vezes você está cozinhando, com a mão na massa e precisa abrir a geladeira. É inevitável que alguma sujeira de resto de comida se acumule na alça em que abrimos a geladeira. Este é mais um local para entrar na lista semanal de limpeza!

7. Dispositivos móveis

Seja o celular ou Tablet, muitos dedinhos sujos deslizam nas telas todos os dias, e podem passar doenças ou espalhar sujeira por aí. Especialistas sugerem que não passe álcool ou qualquer outro produto de limpeza na tela, pois pode danificar o aparelho. Procure em lojas especializadas um produto e um pano específico para a limpeza desse tipo de tela.

Advertisement

8. Controle remoto

Com o controle remoto é praticamente a mesma coisa, todo mundo coloca o dedo e ninguém limpa a mão antes de pegá-lo! Tem sujeiras aparentes e outras que nossos olhos não conseguem ver, que também podem transmitir doenças, por ser um objeto tão compartilhado. Mas a limpeza é mais fácil. Primeiro retire as pilhas ou baterias, depois passe um pano umedecido em água e bicarbonato de sódio.

Cuidar da limpeza desses objetos ajudam a prevenir doenças e incômodos a todos os membros da família. Por isso, é interessante também envolver todos em uma força tarefa para ter um lar mais limpo e seguro!

Leia: Como fazer uma lista de limpeza da casa

Toma un momento para compartir …

Evelise Toporoski

Jornalista com experiência em redação de jornais e revistas. Mãe e esposa compartilhando experiências de vida!