7 sintomas do câncer de estômago que você DEVE conhecer (é fácil ignorá-los e confundi-los)

O câncer de estômago é o terceiro tipo de câncer mais mortal no mundo. Os sintomas podem ser facilmente ignorados ou confundidos com algo simples, até que seja tarde.


Mariel Reimann

O câncer de estômago é o terceiro tipo de câncer mais mortal no mundo. Os sintomas podem ser facilmente ignorados ou confundidos com algo simples, fazendo com que as pessoas percam um tempo precioso sem procurar a ajuda especializada necessária.

As estatísticas mostram os números alarmantes desta doença cruel que ataca adultos, crianças, idosos, mulheres e homens no mundo todo. Em 2012, de acordo com dados recolhidos pela Globocan, 723.000 pessoas de ambos os sexos morreram em todo o mundo nas mãos desta doença. O leste da Ásia é o lugar mais afetado com este tipo de câncer no mundo, 24 homens em cada 100.000 morrem anualmente e 9.8 mulheres morrem com a mesma doença. A mortalidade deste tipo de câncer também é significativamente alta em ambos os sexos na América Centra e América do Sul.

As vítimas desta doença podem ser tão novas como crianças de 2 anos atingindo médias de 13 e 35 anos de idade.

De acordo com WebMD, o câncer de estômago é classificado de acordo com o tipo de tecido que o originou:

  1. Os adenocarcinomas – o mais comum – começa no revestimento do estômago glandular.

  2. Os linfomas se desenvolvem a partir de linfócitos, um tipo de célula sanguínea envolvida no sistema imunitário.

  3. Os sarcomas têm a ver com o tecido conjuntivo (vasos, músculos, gordura ou sangue).

    Advertisement
  4. Outros tipos incluem carcinoide, carcinoma de células pequenas e carcinoma de células escamosas.

  5. O câncer metastático de câncer de mama, melanoma e outros locais primários de câncer também são vistos no estômago.

Há uma série de condições médicas que podem fazer com que o “terreno” seja mais propício para que este tipo de câncer se desenvolva, de acordo com WebMD:

  • Gastrite (H. pylori).

  • A anemia perniciosa (deficiência de vitamina B12).

  • Os pólipos gástricos.

  • As úlceras gástricas crônicas.

  • Histórico familiar de câncer gástrico.

  • História de cirurgia gástrica para doenças não cancerosas, tais como úlcera péptica.

  • Grupo sanguíneo A.

    Advertisement
  • As condições pré-malignas, tais como metaplasia intestinal.

  • As anomalias genéticas.

  • Os fatores hereditários como polipose adenomatosa familiar, não associado a polipose, câncer colorretal hereditário (síndrome de Lynch), e síndrome de Peutz-Jeghers.

  • O uso frequente de rapé e o consumo de álcool são fatores que também aumentam as chances de desenvolver esta doença.

De acordo com Cancer Net, este tipo de câncer na maioria dos casos não é detectado a tempo porque seus sintomas são muito gerais e as pessoas não prestam atenção até que seus sintomas estejam suficientemente claros (o que, geralmente, ocorre quando o câncer já se apresenta em um estado avançado).

Os 7 sintomas mais perceptíveis que você nunca deve ignorar, de acordo com Cancer Net, são:

  • Indigestão e azia.

  • Dor ou mal-estar estomacal.

  • Náuseas e vômitos, particularmente vômitos de alimentos sólidos logo após comê-los.

  • Diarreia ou constipação.

  • Inchaço do estômago após comer.

  • Perda de apetite.

  • Sensação de que o alimento fica preso na garganta ao comer.

Sintomas de câncer de estômago avançado:

  • Fraqueza e fadiga.

  • Vômito com sangue ou sangue nas fezes.

  • Perda de peso inexplicável.

Se você estiver com um ou mais destes sintomas, você deve consultar o seu médico o quanto antes possível. “O câncer de estômago pode ser associado a uma sobrevivência a longo prazo, se detectado e tratado a tempo. Infelizmente, se não for detectado a tempo, é um dos tipos de câncer mais mortais”, diz WebMD.

Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original 7 síntomas de cáncer de estomago que DEBES conocer (es fácil ignorarlos e confundirlos).

Toma un momento para compartir …

Mariel Reimann

Mariel Reimann é a Diretora de Conteúdo da KSL Latino. Ela estudou direito na Universidade Nacional de Cordoba, e atualmente mora em Salt Lake City, Utah.