7 formas comprovadas de proteger seus filhos e fortalecer sua família

Ainda é possível, mesmo no ambiente difícil de hoje, criar famílias fortes, amorosas e que proporcionam identidade, e criar filhos responsáveis para serem verdadeiros líderes.


Linda and Richard Eyre

Por Richard e Linda Eyre, autores de “The Turning: Why the State of the Family Matters and What the World Can Do About It”.

Como autores e oradores, passamos a maior parte de nosso tempo viajando e falando com pais em todo o mundo, e estamos cada vez mais alarmados com o quão difícil está se tornando ser pais em um mundo onde os antivalores de tantas outras culturas – a cultura da internet, dos colegas, e a mídia e cultura do materialismo – todos influenciam tanto nossos filhos.

O desafio para os pais de hoje é criar uma cultura familiar que seja mais forte e tenha mais influência em seus filhos do que qualquer uma dessas outras culturas. E isso não é tarefa fácil! É preciso uma forma proativa de parentalidade, onde tenhamos uma estratégia e busquemos objetivos específicos.

Por que algumas famílias prosperam e outras não? Quando nos encontramos com pais, tentamos manter o controle das coisas que funcionam e das que não funcionam. Geralmente, vemos que as famílias que estão prosperando – que estão criando filhos verdadeiramente responsáveis e orientados por valores – estão fazendo sete coisas muito específicas:

1. Priorizar a família

Um compromisso pessoal e consciente para a prioridade do casamento e da família e reconhecendo as relações familiares como a coisa mais importante (ser mantidos por suas realizações e carreiras, e não o contrário). Muitos pais bem-sucedidos renovam seus votos de casamento e fazem todo o possível para assegurar ao seu cônjuge e seus filhos o seu total compromisso. Isso é o que faz os filhos se sentirem seguros e confiantes e este novo compromisso que constitui a “conversão do coração dos pais aos filhos”, o que as escrituras nos dizem que deve acontecer “para que toda a terra não seja amaldiçoada” (do qual tiramos o título de nosso novo livro).

2. Princípios

Ensinando e vivendo por princípios sólidos e ajudando os filhos a enxergar através das mentiras e disparates que veem na mídia e na internet – reassegurando-os de que a maioria das pessoas ainda tenta fazer o que é certo – que a maioria dos casais não vai para a cama no primeiro encontro e que palavrões na verdade não são as palavras mais comumente usadas. A clareza sobre o que é certo e o que é errado dá às crianças o poder de discernimento e de fazer boas escolhas.

3. Administração do tempo

Reinventando a administração do tempo e equilíbrio com a prioridade e ênfase no cônjuge e filhos. Ao planejar seu dia ou semana, pais bem-sucedidos reservam tempo para reuniões e atividades em família e para um tempo a sós com os filhos. Muitos, na verdade, definem metas de relacionamento e ajudam os filhos a entender que os relacionamentos são, em última análise, mais importantes do que realizações.

Advertisement

4. Ensino

Ensinando a compreensão e uso seletivo de instituições maiores, e ensinando seus filhos a reconhecer o bem e o mal na mídia, internet, governo, negócios, e usar um, evitando o outro.

5. Identidade familiar

Criando identidade, segurança e motivação para os filhos através de narrativas familiares e histórias ancestrais, através de reuniões familiares, tradições familiares, regras da família e uma “economia familiar” que divida responsabilidades domésticas e permita que as crianças ganhem seu dinheiro em vez de ter uma atitude esnobe.

6. Comunicação

Fazendo da comunicação uma meta constante – trabalhando nela o tempo todo – entre o casal e entre pais e filhos.

7. Terapia de valores

Usando alguma forma de terapia de valores onde o foco se desloca para longe do que está errado e para as recompensas e cumprimento do que é certo. Muitos pais têm visto que ao focar em um valor básico (como honestidade, ou respeito, ou autodisciplina) a cada mês, eles podem construir uma cultura familiar que é verdadeiramente centrada em valores e construir uma imunidade em seus filhos contra os valores negativos do mundo.

Ainda é possível, mesmo no ambiente difícil de hoje, criar famílias fortes, amorosas e que proporcionam identidade, e criar filhos responsáveis para serem verdadeiros líderes – mas é preciso uma abordagem proativa e comprometida, e uma verdadeira conversão dos corações dos pais aos filhos. É difícil, mas vale a pena porque a família é fonte de grande alegria, e a única forma de salvar este nosso mundo louco é salvando uma família de cada vez!

Nota: Grande parte do novo livro dos Eyres é dedicado às ideias e métodos específicos para a implementação das sete abordagens parentais neste artigo. Para mais informações, por favor visite: The-Turning.com ou Amazon.com.

_Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do originl 7 proven ways to protect your kids and strengthen your family.

Toma un momento para compartir …

Linda and Richard Eyre

Their new books are The Turning, and Life in Full.