7 dicas para estimular a fala nos bebês

Neste artigo lhe apresentamos ideias práticas e divertidas para estimular a fala em seu bebê.


Maia Fernandez

Como pais, uma das coisas que mais nos emociona é ver o desenvolvimento de nossos filhos no dia a dia. Os bebês mudam tão rapidamente que muitas vezes nos assustamos ou até pode passar despercebido. Lembro quando minha filhinha pronunciou seus primeiros sons e sílabas. Lembro-me quando ela disse “mamãe”, me senti como se meu coração fosse explodir e como se estivesse flutuando. Meu bebê havia dito mamãe! Mesmo ela sendo muito pequena para entender que estava me chamando, isso não me importou. As risadas e os gritinhos de alegria são presentes que a vida nos dá e nos alegram até nos dias mais difíceis.

Para que nossos filhos desenvolvam a linguagem é necessário que possam investigar os sons, experimentando e fazendo os diferentes tipos de sons, até que descubram que podem comunicar-se. Para ajudá-los nesta conquista tão importante e necessária, é fundamental que os estimulemos.

Esses estímulos podem ser feitos de diferentes maneiras:

Dizer-lhes o nome das diferentes partes do corpo

quando estamos dando-lhes banho, trocando suas roupas ou enquanto fazemos massagem neles.

Cantar-lhes canções

Essa em particular é uma de minhas atividades preferidas e conhecemos a importância que a música tem no desenvolvimento humano. As canções acompanhadas de movimentos corporais ajudam muito porque o bebê se sente curioso ao ver um som associado a um determinado gesto.

Ler-lhes poesias, rimas e trava-línguas com diferentes entonações

Eles adoram isso.

Contar-lhes histórias

Lembro-me de um dia em que meu bebê, com seus meros 4 meses, caiu no sono enquanto eu lhe contava uma história. Achei tão fofo! Talvez no início eles não nos entendam, porém é um bom começo para começar a desenvolver o hábito da leitura.

Advertisement

Sentar-se juntos em frente ao espelho e falar para que possam imitar os movimentos da boca

Repetir quando eles pronunciarem sons e sílabas

Imitar-lhes é uma das maneiras de iniciar um diálogo e dar-lhes segurança de que estão no caminho certo.

Dizer-lhes o nome de cada atividade que fazemos,

por exemplo: Vamos tomar banho, vamos dormir, que leite gostoso, etc. A chave está na repetição.

A última recomendação é falar-lhes suavemente e de maneira clara, olhando-os nos olhos. Com certeza você encontrará outras formas e fortalecerá os laços com seu pequeno bebê.

Devemos nos lembrar que cada criança tem seu próprio tempo de amadurecimento. Não devemos exigir algo de nosso filho que ele não esteja preparado. Quando começar a falar, é importante não repetir sua maneira de falar como um bebê, mas corrigir-lhe e falar as coisas da maneira certa. Ao deparar-se com quaisquer dúvidas no desenvolvimento de seu filho, consulte o pediatra.

Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original 7 Consejos para estimular el habla en los bebés, de Maia Fernandez.

Toma un momento para compartir …

Maia Fernandez

Maia Fernández mora na Argentina. Considera fundamental a educação das crianças e a arte como parte insubstituível disso.