6 momentos em que dizer ‘Eu te amo’ pode acabar com o relacionamento

Nem sempre dizer "Eu te amo" é a melhor opção.


Stael Ferreira Pedrosa

Dizer “eu te amo” no momento certo costuma ser um quebra-cabeça para as pessoas que estão iniciando um relacionamento, sendo mais fácil para aquelas que já estão juntas há algum tempo. Independente de como os casais lidam com a frase, fato é que ela deve ser bem usada, ou terá efeito contrário ao esperado.

Existem situações em que a frase vem como uma chave que abre o caminho de uma felicidade desejada e que perdura. Em outros momentos, como um doce abraço ou apoio para a vida continuar. Para alguns casais não fazem diferença, quando o relacionamento está desgastado sejam quais forem os duros motivos. Já em outras situações pode simplesmente acabar com o relacionamento.

Para que você não caia na armadilha de dizer “eu te amo” na hora errada, aqui estão 6 momentos em que é melhor ficar calado se não quiser acabar de vez com o relacionamento.

1. Quando você não está sendo sincero

Essa frase quando dita sem sinceridade, quer seja para conseguir algum benefício ou para enganar deliberadamente, transforma algo que deveria ter um significado sublime em sórdido engano. Pode ser que o outro não perceba, mas a pessoa sabe que o fez. Mas, quando o parceiro percebe a tentativa de manipulação através de um golpe tão baixo, o fim do relacionamento é certo.

2. Quando você diz para evitar uma explicação necessária

É mais comum com os homens, já que estes não gostam muito de discutir a relação ou de explicarem-se. O que, claro, não significa que apenas eles façam isso. Mas, a situação é conhecida por muitos casais: Um não gostou do que o outro fez ou disse e pede uma explicação. Para esquivar-se de responder, o parceiro tenta abraçar ou beijar seu par e manda um “eu te amo”. Se o parceiro ficar ofendido com esta atitude ou se ela é contínua, provavelmente o relacionamento não vai durar.

3. Durante uma briga muito séria

Parecido com o item 2, mas com o agravante da raiva e possivelmente do cansaço por repetirem-se as mesmas situações. Durante uma briga, o parceiro irritado quer discutir ou resolver o problema que gerou a briga e deixar o “eu te amo” para após as explicações e os entendimentos necessários que irão a briga e não no meio da discussão acalorada, o que só parecerá um desejo de mudar de assunto, encerrar a briga ou enganar deliberadamente. Situações assim, quando se repetem mostram falta de consideração para com o parceiro.

4. Logo depois de contrariar

Ela pediu, implorou para você não convidar sua mãe para aquele jantar. Ou ele pediu, implorou para que você parasse de comentar a intimidade de vocês com as amigas. Você contraria seu parceiro, até o magoa e depois diz “eu te amo ” – soará como sarcasmo, zombaria e irritará profundamente o outro. Portanto evite dizer que ama nestes momentos.

Advertisement

5. Após abuso

Essa é a situação limite. Dependendo da gravidade do abuso nem precisa usar a frase que dará o tiro de misericórdia na relação, mas, muitos o fazem. Após abusar de seu parceiro, seja de que forma for, não seja tão hipócrita dizendo “eu te amo” pois o colocará em situação passível de crime por parte do abusado. Se você for a vítima, ao invés de dizer “eu te amo” na tentativa (inútil) de resolver, diga: “alô, polícia? “

6. Após uma traição

De todos, este talvez seja o pior momento. A pessoa foi pega “com a boca na botija”, corre para o parceiro dizendo: “Não é nada disso, não significa nada, eu te amo! ” Melhor ficar calado que dizer tal coisa. Se houvesse qualquer possibilidade de perdão, esse “eu te amo” manipulador, egoísta e inapropriado pode acabar com ela. Afinal quem ama de verdade pode até sentir atração por outra pessoa, mas evita olhar, ter contato e não fica criando fantasias na mente até chegar ao ponto de trair.

Ao invés de dizer eu te amo, é melhor ficar em silêncio e refletir sobre o que aconteceu, deixar a pessoa traída expressar sua raiva, mágoa, tristeza e depois, acalmados os ânimos, tentar conversar – se o parceiro ainda quiser.

Toma un momento para compartir …

Stael Ferreira Pedrosa

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.