6 formas de intimidade que não tem a ver com sexo

Quando se fala em intimidade a primeira coisa que vem à mente é a intimidade sexual. Mas, intimidade não é só sexo.


Stael Ferreira Pedrosa

Todo casal, para alcançar um ótimo casamento e um satisfatório companheirismo, deve ter intimidade. Essa intimidade deve ir além do quarto. Ela deve estar presente em vários outros âmbitos de uma relação saudável.

Com as mudanças sociais que ocorreram nas últimas décadas e a mulher saindo para o mercado de trabalho, o tempo entre os casais ficou mais escasso, mas de alguma forma, melhor. A mulher ganhou mais voz e deixou de ser a esposa obediente para ser a esposa ativa e participante como igual na relação. O que realmente se perdeu foi o tempo para conversar e estarem juntos.

Mas, isso não é desculpa. Quando um casal quer aumentar a conexão entre si, é possível conseguir ainda que com as agendas cheias e uma casa com crianças. Segundo especialistas das relações maritais, 10 minutos por dia já são suficientes para criar ou reforçar a intimidade entre os casais. Mas, como fazer isso? A melhor maneira não é, claro, na cama, mas conversando e interagindo.

Leia: 5 maneiras de cultivar a intimidade

1. Intimidade emocional

É a proximidade emocional que se cria a partir do compartilhamento de emoções, sentimentos, desejos e pensamentos. Só é conseguida quando se é totalmente honesto – primeiro consigo mesmo e em seguida com o cônjuge.

Conversem, ainda que por apenas 10 minutos, como dizem os especialistas. Desliguem os celulares, sentem-se em um ambiente tranquilo ou saiam para dar uma volta. Usem esse tempo para se aproximarem emocionalmente um do outro, isso pode ser feito pelo mais ocupado dos casais.

2. Intimidade espiritual

É muito difícil conciliar crenças diferentes. Por isso é melhor casar-se com alguém que tenha se não a mesma religião, pelo menos a mesma base espiritual. Compartilhar momentos espirituais como orar juntos, ir à Igreja juntos, ou discutir algum assunto religioso e sua aplicabilidade no dia a dia pode criar uma ótima intimidade espiritual no casal.

Advertisement

Orem ou meditem juntos pelo menos uma vez por semana e vocês perceberão o bem que fará ao casamento cuidar da espiritualidade.

Leia: Como a fé pode unir o casal e melhorar o casamento

3. Intimidade intelectual

Envolve a compreensão mútua das diferentes áreas do seu casamento. A maneira de criar os filhos, que valores sua família considera importantes, se querem ter um orçamento, poupar para algo especial, criar metas juntos num ambiente seguro para se discutir.

Uma boa maneira de conseguir essa intimidade intelectual é através do aprendizado conjunto de como fazer uma planilha, criar um plano de metas ou ler um livro juntos.

4. Intimidade financeira

Sem uma boa intimidade financeira seu casamento corre sério risco, já que dinheiro costuma ser a causa nº 2 do divórcio. E o que significa ser íntimo financeiramente? Significa bem mais do que dividir as contas. É necessário compartilhar sua vida financeira com seu cônjuge. Um deve saber o quanto o outro ganha e juntos fazerem um orçamento, metas financeiras, estipular gastos e não fazer dívidas sem acordo prévio.

5. Intimidade recreativa

Isso não significa gostarem das mesmas coisas ou compartilharem os mesmos hobbies, mas fazer juntos algo que ambos apreciam. Seja cozinhar uma receita nova, dar uma volta para caminhar e conversar, jardinagem, escalada, acampar, aulas de dança, enfim… O importante é que seja algo que ambos apreciem, que permita conversar, rir, se divertir e ficarem mais próximos.

6. Intimidade física

Significa a liberdade e tranquilidade em tocar e se deixar ser tocado. A confiança de dar um abraço por trás, segurar as mãos do outro enquanto assiste à TV. Procurar os braços do seu par quando precisa apenas ser abraçado. Beijar quando se tem vontade, massagear os ombros, aquecer os pés nos pés do outro, dormir de conchinha e tantos outros toques não sexuais que mostram que o casal tem intimidade e aprecia o toque um do outro.

A intimidade sexual é fundamental para um casamento feliz, mas não é somente o ato em si, o sexo começa no dia a dia, na maneira como se tratam e se amam. Uma intimidade forte fora da cama é o caminho para uma maior intimidade sexual e um casamento mais satisfatório e duradouro.

Leia: 10 princípios essenciais para a verdadeira intimidade

Toma un momento para compartir …

Stael Ferreira Pedrosa

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.