5 razões para comemorar o Dia dos Namorados depois de casados

Não se engane: o namoro no casamento aumenta as chances de uma vida feliz juntos.


Suely Buriasco

Tem gente que parece gostar de dizer que depois do casamento a vida passa a ser enfadonha, sem graça e até mesmo o amor se transforma com a rotina. Mas a grande verdade é que isso só acontece quando o casal se acomoda e deixa de priorizar o relacionamento.

Lembre-se dos tempos de solteiro(a) quando você esperava pelo Dia dos Namorados e planejava viver momentos incríveis com a pessoa amada. Por que isso precisa ser diferente agora? Na verdade, o casamento pode representar a liberdade para expressar o amor sem inseguranças ou limites anexados.

Vejamos algumas razões para comemorar muito esta data:

1. Eternos namorados

Longe de ser clichê, o namoro é um comportamento que independe do estado civil: é bom quando solteiros e essencial depois de casados. Um grande engano é entender que o casamento é garantia de que a conquista está feita; o amor exige cuidados especiais e contínuos. Tanto é assim que o namoro é um estado constante nos relacionamentos de sucesso nos quais a conexão é essencial para os cônjuges.

2. O romantismo é intermitente

Nossas emoções não são constantes, ora se intensificam, ora se retraem. A paixão não foge a essa regra; às vezes é explosiva, outras parece ter terminado. Todos sabemos que não é fácil manter o vigor do casamento diante todas as responsabilidades e problemas a que somos submetidos ordinariamente. A comemoração de uma data romântica como o Dia dos Namorados é um ótimo estimulante para acender o romantismo e provocar picos de paixão na relação.

3. Quebrar a rotina

A rotina é importante na medida que estabelece um plano de ação que traz certa segurança para a vida do casal e funcionamento da família. Da mesma forma, quebrar a rotina é fundamental para motivar e incrementar a vida amorosa. Aproveitar datas comemorativas para inovar comportamentos, divertir-se e fazer coisas não costumeiras é um diferencial positivo para o relacionamento amoroso.

4. Valorizar o relacionamento

Essa é uma data para ser comemorada a dois e isso é enriquecedor para o relacionamento. Com o tempo de casados os passeios e diversões acabam sendo sempre em família ou com casais amigos, muito bom e saudável, mas um programa a dois prioriza o sentimento que une o casal e promove grande satisfação. Cuidar do relacionamento, valorizando a presença um do outro é uma forma de manter a autoestima do casal e, por consequência, a alegria e o prazer de estar juntos.

Advertisement

5. Cultivar a intimidade

As pessoas naturalmente mudam com o tempo, assim como seus desejos e necessidades, fatalmente isso afeta o relacionamento que também passa por transformações importantes. Os namorados do passado já não são mais os mesmos e é preciso renovar votos, palavras e sentimentos. Claro que esse é um processo contínuo de conjugar e praticar o verbo amar no dia a dia, no entanto, comemorações como essas unem o casal e aumentam o vigor da relação. A intimidade do casal só tem a ganhar e o sexo, tão importante para a boa interação, encontra novo ânimo quando os cônjuges se dedicam um ao outro com amor e atenção.

O pior equívoco que um casal pode cometer é acreditar que não precisa mais namorar, ou seja, cultivar momentos de amorosa intimidade. Expressar a afetividade, tocar um ao outro, olhar nos olhos e usar palavras e ações amorosas é o que mantêm os relacionamentos felizes, saudáveis e duradouros.

Toma un momento para compartir …

Suely Buriasco

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.