5 maneiras pelas quais você pode estar traindo seu cônjuge sem perceber

Armadilhas sutis podem tornar uma pessoa fora do casamento muito interessante. Saiba o que evitar!


Evelise Toporoski

Algumas armadilhas do dia a dia podem tornar relações fora do casamento atraentes. Os anos ao lado do cônjuge vão se passando, fica mais fácil notar suas imperfeições, os quilos a mais, as olheiras e rugas que surgiram. Muitas vezes, as palavras gentis do início do relacionamento são esquecidas, e logo a rispidez e o desrespeito vira rotina entre o casal.

Até que uma pessoa do sexo oposto muito atraente lhe dá atenção, trata com cortesia e faz você se sentir bem. Para que esta continue sendo uma relação amigável e não se torne uma traição, algumas situações devem ser evitadas:

Leia: 5 passos para se recuperar de uma traição

1. Trocar mensagens toda hora

Não dê abertura para tanta intimidade. Se a relação é profissional, faça com que continue nesse patamar, sem que passe para o lado pessoal. A situação pode incomodar seu parceiro.

2. Esconder a relação do cônjuge

Como diz o ditado, “quem não deve, não teme”. Muitas pessoas racionalizam pensando que não há nada demais relacionar-se com pessoas do sexo oposto. Se não há mal nisso, você pode contar para seu cônjuge sobre esta pessoa que conheceu e que trocou mensagens com ela.

3. Preferir a companhia do outro

Parece que é mais fácil sair com esta pessoa que é tão carinhosa, contar seus problemas e sua intimidade. Cuidado, você escolheu outra pessoa para esta cumplicidade, que lhe conhece e o ama, que já passou muitos altos e baixos ao seu lado, e está esperando com que você seja tão cortês quanto é com este desconhecido.

4. Esconder que é casado

Há casais em crise que deixam de usar a aliança ou ao conhecer uma pessoa nova e interessante omitem a informação de que são casados e têm uma família. Você vai trocar números com uma pessoa que não lhe conhece totalmente. Apenas uma coisa é certa: alguém vai sair decepcionado dessa história.

Advertisement

5. Pornografia

Por estar em um patamar virtual, muitas pessoas acabam não considerando uma traição quando acessam conteúdo pornográfico – ledo engano! A pornografia é sim um tipo de traição, seja quando você troca fotos íntimas, ou busca conteúdo erótico. Você não está fisicamente em contato com esta pessoa, mas sua mente está extremamente envolvida.

Leia: 10 efeitos colaterais do uso da pornografia

Seja esperto, não caia nestas armadilhas que parecem bobas, mas que podem destruir um relacionamento. Recorde como era a relação com seu cônjuge no início do namoro e casamento, e retome hábitos que vão fortalecer seu casamento.

Toma un momento para compartir …

Evelise Toporoski

Jornalista com experiência em redação de jornais e revistas. Mãe e esposa compartilhando experiências de vida!