5 estratégias ao montar um currículo para conseguir o primeiro emprego

Um currículo é seu cartão de visitas que abre as portas para um bom emprego.


Michele Coronetti

O tempo está passando e chega o momento de entrar no mercado de trabalho. As dúvidas e incertezas são enormes, mas um emprego se torna necessário. Chegou a hora de decidir quem você realmente vai ser quando crescer. É claro que ao longo da experiência você pode trocar caso lhe desagrade.

Para começar, um currículo é um resumo das suas habilidades, estudo e experiência profissional. Quando se busca o primeiro emprego é bom seguir essa ordem, pois o profissional que estará com seu currículo em mãos lerá a parte de cima do currículo e caso considere interessante, continuará a leitura.

1. Cabeçalho e objetivo

Itens que não podem faltar:

  • Nome completo ou pelo menos nome e sobrenome.

  • Seu endereço, telefones de contato, endereço de e-mail logo abaixo do seu nome.

  • Idade, estado civil, quantidade de filhos (caso os tenha).

  • Seu objetivo profissional.

    Advertisement

Essas informações em destaque bem acima na folha, centralizadas.

2. Resumo de habilidades

A seguir insira informações resumidas e importantes que possam atrair o empregador a prestar atenção em seu currículo. Exemplo:

  • Cursando jornalismo na Universidade Federal dos Conhecimentos Específicos.

  • Projeto Iniciação à Redação na Escola Estadual do Entendimento Básico.

  • Usuária Microsoft.

  • Inglês e Espanhol.

Essas informações serão rápidas, apenas para despertar o interesse do leitor do seu currículo. Pense em realizações que você teve ou o que atualmente está fazendo que sejam interessantes para preencher a vaga proposta.

3. Formação acadêmica

Hora de falar dos seus estudos. Agora você deve ser detalhista, mas não ao extremo. Nome da escola, tempo que levou para se formar, o que está estudando atualmente, cursos de pequena duração, diplomas, reconhecimentos acadêmicos etc.

Não tenha medo de falar que será seu primeiro emprego. A pior situação que pode surgir é ser pego em uma mentira no currículo durante a entrevista.

4. Experiência profissional, voluntária e outros

Acrescente trabalhos voluntários, atividades comunitárias, exército, projetos, duração dos mesmos, o que conquistou, enfim, detalhes importantes. Seja conciso, pois a pessoa que tem o seu currículo em mãos deve ter mais uns duzentos para ler.

Advertisement

Agora sobre suas habilidades, idiomas, qual o nível, informática, outros talentos desenvolvidos como música ou esportes. Não se esqueça de organizar muito bem, separando por setores, utilizando linhas, tamanhos de letras adequados e um excelente português. Confira sempre antes de enviar seu currículo.

5. Referências

É interessante acrescentar algumas referências, nomes e contatos de pessoas que lhe conhecem e podem comprovar sua índole. Normalmente o contratante liga para os antigos empregadores, mas como este é seu primeiro emprego, este seria o recurso disponível para ele obter informações a seu respeito.

Seja o mais honesto possível e busque sempre por oportunidades, mesmo sem remuneração, para garantir sua experiência e ter mais vantagens na hora de conseguir seu primeiro emprego.

Com informações bem colocadas e sinceras somadas à sua busca por oportunidades que lhe garantam uma certa experiência, não será difícil romper a barreira do primeiro emprego. Seja sempre positivo.

Toma un momento para compartir …

Michele Coronetti

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.