5 dicas de sobrevivência para as mães que trabalham

Já é difícil o suficiente ser mãe. Adicione a isso um emprego de tempo integral e você já alcança o status de rock star. Mas aqui estão 5 soluções.


Ben Luthi

Como uma mãe que trabalha, pode parecer que os dias de paz e serenidade nunca voltarão. Seja preparando lanchinhos, correndo com as crianças para o ponto de ônibus, fazendo o jantar ou colocando as crianças para dormir, você está constantemente em movimento, e você é incrível. Mas talvez você não se sinta sempre incrível. Na verdade, você provavelmente sente como se nunca conseguisse fazer o suficiente por seus filhos, e você nunca têm tempo para si mesma. Bom, aqui estão algumas dicas que talvez possam poupar-lhe alguns problemas.

1. Mantenha as manhãs as mais calmas possíveis

A manhã é provavelmente a parte mais difícil do seu dia. Pode ser difícil o suficiente se arrumar e chegar no trabalho a tempo, mas adicione algumas pequenas pessoas e isso pode tornar as coisas exponencialmente mais difíceis. Faça o máximo que puder na noite anterior incluindo escolher as roupas, preparar os lanches e preparar a bolsa de fraldas e mochilas. Isso pode tirar um pouco do seu tempo de relaxamento, mas lhe dará uma oportunidade de focar-se mais em seus filhos na manhã seguinte do que nas tarefas que os acompanham.

2. Não tenha medo de alistar seu marido

Por mais que seu marido seja um provedor para você e sua família, este negócio de parentalidade é um trabalho para duas pessoas, e é responsabilidade dele de ajudar em casa tanto quanto sua. Você pode não ficar muito impressionada com suas habilidades de limpeza, e pode haver momentos em que você precise exercer a paciência, mas ter a ajuda dele pode ajudá-la a não se esgotar.

3. Separe o trabalho e o lar

Quando você finalmente chega ao trabalho todas as manhãs, você torce para que seu chefe seja compreensivo sobre você ter que ficar acordada a noite inteira com seu pequeno de 5 anos vomitando. Mas provavelmente ele não será. Faça tudo que puder para garantir que quando você estiver no trabalho você esteja com uma aparência de alguém preparada e disposta. Jogue-se em seu trabalho, e deixe o drama de casa em casa. Ao mesmo tempo, quando você sair do escritório, deixe-o para trás totalmente para que você possa dedicar-se por completo a sua família.

4. Reserve um tempo para você

A menos que você queira perder-se completamente, certifique-se de agendar um tempo para você. Talvez seja apenas uma noite para ler um livro, ou uma noite com seus amigos. Independentemente do que a ajuda a manter a sanidade, o autocuidado é extremamente importante para alguém que está constantemente dando tanto de si para os outros. E nem por um segundo pense que você não merece isso.

5. Lembre-se do objetivo

Todos queremos ser perfeitos em algum nível, e você pode querer que essa perfeição se espalhe para todos os aspectos de sua vida. Mas se você está tentando constantemente ser a mãe perfeita, a esposa perfeita, a cozinheira perfeita e ter uma casa impecável, sua cabeça vai explodir. Quando estiver em dúvida, lembre-se do objetivo: proporcionar um ambiente para seus filhos serem felizes e saudáveis, e ajudá-los a alcançar todo seu potencial. Crianças não precisam de uma refeição gourmet todas as noites para isso, e nem precisam de uma mãe que nunca comete erros. Elas querem e precisam de você em toda a sua glória exatamente como você é.

Você é demais

Já é difícil o suficiente ser mãe. Adicione a isso um emprego de tempo integral e você já alcança o status de rock star. Reservar um tempo para trabalhar em algumas dessas dicas de sobrevivência e afins não só pode ajudá-la a tornar-se mais eficiente com o seu tempo, mas também pode dar-lhe a oportunidade de ver o valor do que você está fazendo.

Advertisement

_Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original 5 survival tips for working moms.

Toma un momento para compartir …

Ben Luthi

Ben graduou-se recentemente pela Universidade Brigham Young e mora com sua esposa, Kilee, e seu cachorro, Paisley, em Arkansas. Ele tem paixão por finanças pessoais, esportes e por aprender.