5 conselhos que vão lhe ajudar a ser mais feliz na sua carreira profissional

Fomos ensinados que o trabalho enobrece a alma do homem, mas há várias pessoas que se sentem vazias e insatisfeitas na vida profissional.


Roberta Preto

Durante nossa jornada pela vida passamos mais tempo no trabalho do que em nossos lares. Desejamos que nossa trajetória profissional seja de acordo com nossos desejos e planos, mas sabemos que a vida não funciona da maneira que queremos e nossas expectativas se tornam frustradas diante dos imprevistos que vão surgindo no ambiente de trabalho. Diante da crise econômica que o Brasil vem sofrendo, se faz necessário profissionais qualificados e preparados para lidarem com os desafios do mercado de trabalho.

Ser um profissional de sucesso é o que muitos desejam, no entanto, há muitas pessoas que não se sentem felizes, porque ter sucesso é diferente de ser feliz. O sucesso surge com o empenho que damos às reponsabilidades que nos foram confiadas, diferente de felicidade, que está relacionada ao nosso bem-estar físico, emocional, mental e espiritual. São duas coisas completamente diferentes, mas que caminham juntas na jornada de vida do profissional.

Muitos se esforçam por desempenhar suas funções, porém a insatisfação, o estresse e o desânimo não lhes permitem progredirem.

Há 5 conselhos que podem lhe ajudar a ser mais feliz na sua carreira profissional. São eles:

1. Ambiente de paz

Não podemos sair de nossos lares preparados para uma guerra. Assim como desejamos que haja paz em nossas casas, também devemos desejar a mesma paz em nosso ambiente de trabalho. Essa paz só surgirá através de nossas atitudes e de sermos respeitosos com as outras pessoas para que elas façam o mesmo por nós. Pode acontecer de alguém não estar num dia bom e usar de palavras rudes. Ao invés de elevar a voz e partir para discussões, que só irá aumentar as tensões, o melhor a fazer é ignorar a ofensa e esperar as coisas se acalmarem. E no momento certo, ir até a pessoa para dizer seu ponto de vista, mostrando a ela que você a respeita, mas que não irá tolerar o desrespeito da parte dela.

2. Assumir seus erros

Nunca ouvi alguém dizer que passou uma vida sem cometer um erro, com exceção de Jesus Cristo. Errar é humano e normal, através dos erros que crescemos e amadurecemos, não adianta se lamentar diante das falhas, ficar remoendo ou até tentando culpar outros de nossas faltas. Se caiu, levante! Cresça!

O melhor a se fazer é ponderar. Os erros são oportunidades de aprendizados, eles nos permitem enxergar nossas fraquezas e, quando superados, mostram uma força que nós nem imaginávamos que pudesse existir dentro de nós.

Advertisement

3. Tenha coragem

As pessoas passam uma vida inteira vivendo do medo de serem reprovadas por suas ideias, está tudo bem se não der certo, ao menos você foi lá e tentou. Tomar decisões nunca foi fácil, mas todos nós precisamos fazê-lo.

É muito triste passar pela vida “em cima do muro”, também é decepcionante ver pessoas inteligentes não usarem seus dons maravilhosos porque se sentem inseguras diante da reação de outros. Talvez seu chefe, aquele vive com a “cara amarrada”, só precise de seus projetos e atitudes para abrir um belo sorriso e até elevar o seu cargo. A oportunidade está sempre ao nosso lado, cabe somente a nós enxergá-la.

4. Não seja arrogante

Cuidado! O arrogante é sempre isolado. Ninguém suporta estar com uma pessoa que se acha a dona da verdade, que não busca ouvir, e ainda acredita que ela sabe tudo, que suas opiniões são mais certas que a de qualquer outro.

Ouça as pessoas, e só assim fará do seu tempo um momento prazeroso, onde as pessoas desejam permanecer.

5. Valorize seu tempo

Não perca seu tempo com bobagens, coisas que não irão acrescentar em nada na sua vida profissional e pessoal. O tempo é precioso e toda vez que você usa ele de forma equivocada, você desperdiça um momento que poderia ter sido especial em sua vida, tenha sabedoria para utilizá-lo.

Devemos observar se o tempo que dedicamos ao atual emprego está acrescentando crescimento, se lá somos valorizados, e se a conduta de nossos chefes representa respeito aos nossos valores. Caso não haja esses acréscimos, o melhor a fazer é repensar se realmente vale a pena permanecer ali. E antes de qualquer decisão, procure ter uma comunicação saudável com seu superior, se não houver melhoras, busque algo que lhe proporcione prazer.

Toma un momento para compartir …

Roberta Preto

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.